JN ignora nova pesquisa eleitoral que mostra Lula derrotando Bolsonaro

JN
JN não exibe pesquisa eleitoral que coloca Lula na frente de Jair Bolsonaro (Imagem: Reprodução / Globo)

O JN deixou de lado a primeira pesquisa do Datafolha sobre a eleição de 2022 desde que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recuperou os seus direitos políticos após a anulação das condenações judiciais pela Lava Jato de Curitiba.

A notícia foi uma das principais do dia, mas passou em branco pelo telejornal da Globo. A pesquisa mostrou que Lula lidera com folga a corrida pelo Palácio do Planalto na briga com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no primeiro turno. No segundo turno, a vitória é acachapante.

O JN passou a divulgar desde 2019 as pesquisas do Datafolha sobre a avaliação do Governo Bolsonaro. Em 2021, o principal telejornal do país reproduziu dados de dois levantamentos feitos pela empresa, um em janeiro e outro em março.

Na quarta-feira, o Jornal da Globo levou ao telespectador a informação dos números atuais sobre a aprovação do “capitão” à frente do país, o resultado mais baixo desde janeiro de 2019, quando assumiu a Presidência da República.

Ontem, o JN “esqueceu” a pesquisa eleitoral mais recente sobre a eleição de 2022 e colocou em destaque a CPI da Covid, que contou com o depoimento do ex-secretário de comunicação do governo, Fábio Wajngarten. O telejornal dedicou quase 25 minutos aos desdobramentos da comissão.

Na pesquisa eleitoral do primeiro turno, Lula tem 41% das intenções de votos, quase a metade de Bolsonaro, que soma 23%. O ex-ministro Sérgio Moro aparece com 7% dos votos, seguindo por Ciro Gomes, com 6%.

No segundo turno, Lula aparece com 55% dos votos contra apenas 32% de Jair Bolsonaro. Neste quesito, o ex-presidente soma os votos de João Doria, Ciro e Luciano Huck, enquanto o presidente tem os votos dos eleitores de Moro.

Em nível de rejeição, Bolsonaro surge na frente com 54% dos votos contra 36% de Lula, 30% de Doria, 29% de Huck, 26% de Moro e 24% de Ciro. A pesquisa sobre a eleição presidencial de 2022 tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O Instituto Datafolha ouviu 2.071 pessoas em 11 e 12 de maio.

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›