Jornal da Globo erra e coloca O Salvador da Pátria como novela de Gilberto Braga

Gilberto Braga
Lima Duarte (Sassá Mutema) em O Salvador da Pátria; Jornal da Globo comete gafe envolvendo Gilberto Braga (Imagem: Bazilio Calazans / Globo)

Às pressas, a Globo colocou no ar uma reportagem sobre as grandes obras de Gilberto Braga, morto na última terça-feira (26). O Jornal da Globo listou várias novelas do autor, mas colocou em sua conta O Salvador da Pátria (1989), de Lauro César Muniz.

A repórter Lilia Teles conduziu a matéria exibida no telejornal da madrugada da Globo e, depois de uma citação correta de Vale Tudo (1988), mencionou a trama de Sassá Mutema (Lima Duarte): “A trilogia da corrupção teve ainda O Dono do Mundo (1992) e O Salvador da Pátria (1989)”. A novela correta é Pátria Minha, de 1994.

Atual diretor de Entretenimento da Globo, Ricardo Waddington foi ouvido pela equipe, que se esqueceu de Silvio de Abreu, que ocupou a função entre 2013 e 2022 e era muito próximo de Braga. “Vai fazer muita falta”, disse Waddington.

Há meses, a jornalista Patricia Kogut divulgou uma nota sobre a volta de Gilberto Braga na faixa das novelas das 18h, Feira das Vaidades. A trama tinha cerca de 80 capítulos escritos quando foi descartada pela gestão de José Luiz Villamarim, este sob o comando de Waddington.

Além da trama, Gilberto escreveu uma minissérie sobre Elis Regina, na época que Silvio era o responsável pela Teledramaturgia, mas a produção foi cancelada por causa de uma versão do filme de Hugo Prata, exibida em capítulos, o que foi reprovado pelo autor.

Confira a repercussão na web:

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›