Jornal da Record ataca Paulo Guedes em reportagem, mas alivia para Bolsonaro

Jornal da Record
Jornal da Record faz matéria especial em ataque a Paulo Guedes (Imagem: Reprodução – Record / Montagem – RD1)

O Jornal da Record reiniciou sua guerra fria contra o ministro Paulo Guedes, mas não criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), responsável pela ida do economista ao Ministério da Economia. O telejornal da Record dedicou sete minutos em ataque feroz ao auxiliar do governo.

Desta vez, o telejornal mais visto fora da Globo ouviu pacientemente economistas críticos do ministro. O economista Simão Silber afirmou que a “inflação é muito perversa porque pega aqueles que são muito mais vulneráveis do ponto de vista econômico e social dentro da sociedade”.

Maílson da Nóbrega, ex-ministro da Fazenda no governo Sarney, detonou: “A política econômica prometeu o que não podia. O ministro Paulo Guedes lança mão de coisas do passado que não deram certo”.

Maílson seguiu: “Por exemplo, o calote dos precatórios. Isso cria instabilidade, cria incertezas. Aumento do IOF, que impacta o crédito. É um importo ruim que interfere na intermediação financeira. Piora o funcionamento do sistema de crédito”.

O economista fez uma ressalva: “Está tudo tão caro por uma série de fatores. A maioria vinda do exterior. O aumento de custos, aumento de preço de commodities agrícolas, como soja, milho, café, carne, frango, em consequência do aumento da expansão da economia chinesa. Internamente, também tem coisa fora do nosso controle: o clima não está sendo camarada com o Brasil”.

A reportagem também mencionou o governo de Dilma Rousseff, do PT, por causa da inflação na faixa dos 10%, “algo que não acontecia desde 2015”.

“O pior ciclo de inflação da década passada – de janeiro de 2011 a abril de 2016, a inflação acumulada foi de 45%”, frisou.

Inimiga do Guedes

Em agosto, A Record dedicou mais de 4 minutos da edição do seu principal telejornal para dar um choque de realidade em seu público. O âncora Celso Freitas deu início ao material com a seguinte introdução:

“A inflação, desemprego, câmbio nas alturas. A gestão do ministro Paulo Guedes à frente do Ministério da Economia é cada vez mais criticada pelos especialistas”.

A TV do bispo Edir Macedo acusou: “Na contramão dessa realidade [a crise], o ministro manifesta uma posição fora do comum para o cargo que ocupa no governo”.

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›