Jornalista da Globo ameaçada e agredida em praia desabafa

Luiz Fábio Almeida

04/11/2020

Globo

Jornalista da Globo ameaçada e agredida em praia falou sobre a situação (Imagem: Reprodução/ Globo)

Na última segunda-feira (2), uma equipe da NSC, afiliada da Globo em Santa Catarina, foi agredida por estar gravando uma matéria na Praia do Campeche. A repórter Bárbara Barbosa, então, desabafou sobre as ameaças e agressões que ela e seu cinegrafista sofreram por mostrar a aglomeração de pessoas.

No Encontro, nesta quarta-feira (4), a jornalista disse que, ao chegar no local, sentiu o clima hostil, com banhistas, sem máscaras, incomodados com a presença da imprensa, mas não imaginava que a situação pioraria.

“Um cerco se formou e foi aumentando. Ficamos sem defesa, ouvindo as pessoas dizendo que iriam destruir a câmera. Usei meu celular para filmar essa agressão e ele foi retirado das minhas mãos. Foi uma sensação de desamparo, impotência, fraqueza, ninguém nos defendia. O meu medo era não ter prova dessa agressão, desse cerco”, comentou ela.

A repórter da Globo confessou que ficou com os punhos machucados ao ser imobilizada por um dos banhistas e prestou queixa na polícia. “Estávamos em um lugar público, respaldados pela lei, com o objetivo de mostrar uma realidade. Não houve violação de direitos de privacidade”, completou a famosa.

“Disse que iríamos exibir as imagens e um senhor me falou ‘se você publicar, vamos te destruir'”, relatou a jornalista. Na ocasião, a emissora divulgou uma nota de repúdio ao ocorrido e garantiu que os agressores vão responder pelos seus atos.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Luiz Fábio Almeida
Escrito por

Luiz Fábio Almeida

Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É editor-chefe e colunista do RD1, onde escreve sobre TV, Audiências da TV e Streaming. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]