José de Abreu se revolta com recado do WhatsApp e acusa rede de ajudar Bolsonaro

José de Abreu
José de Abreu detona WhatsApp e faz acusação (Imagem: Reprodução / Globo)

José de Abreu comprou uma briga com um gigante da comunicação: o WhatsApp. O ex-contratado da Globo soltou o verbo contra a rede social e acusou a plataforma de ajudar na eleição do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A crítica do famoso surgiu após uma surpresa do WhatsApp com uma mensagem no Twitter especialmente para os brasileiros. “Oi, Brasil, nós amamos você”, disse. José compartilhou o post e retrucou: “Depois de ajudar a eleger Bolsonaro dispenso seu amor fajuta”.

O comentário foi provocado por causa das inúmeras mensagens e notícias falsas de grupos formados na rede social e que provocaram dúvidas e questionamentos sobre políticos opositores de Bolsonaro desde a eleição de 2018 e, mais recentemente, sobre a eficácia da vacina contra o novo coronavírus.

“Perdeu centenas de usuários por causa de suas presepadas. É fácil amar agora. Queria nos obrigar a compartilhar nossos dados com o facebook, que quase não é invasivo”, apontou um internauta. “O que uma escapada de clientes pelos dedos não faz hein?”, debochou outro.

Um terceiro surpreendeu e atacou com informações falsas que havia recebido na rede social: “Meu vizinho recebia direto dos grupos de Whats que o PT havia assassinado Alberto Youssef dentro da cadeia; que o Lulinha tinha Avião de ouro; dono da BRF era do Lula, Fazendas do Lula e por ai vai. Esses caras fazem parte do golpe, sim”.

O desabafo de José de Abreu rendeu entre os mais de 480 mil seguidores na rede social. “Carinho no Instagram, Paixão no Facebook, Amor no twitter e Traição no whatsapp…”, acrescentou mais um.

Não é de hoje que o veterano desabafa sobre a postura do governo brasileiro desde 2018, principalmente sobre Bolsonaro. Há dias, o artista se mostrou indignado com o ataque do presidente contra a imprensa durante evento em Brasília:

“Nem nos mais terríveis pesadelos vi um presidente da República mandar jornalistas enfiar qualquer coisa no fiofó! Não que alguns não mereçam, mas é demais. Realmente demais”.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›