Juliette fica chocada ao ser recepcionada por multidão em Salvador e toma atitude drástica

Juliette
Juliette foi surpreendida com a quantidade de fãs no aeroporto da capital baiana (Imagem: Reprodução / Instagram)

Juliette desembarcou em Salvador na terça-feira (28) para participar do Música Boa Ao Vivo. Ao chegar no aeroporto, a ex-BBB foi surpreendida por uma verdadeira multidão de fãs que estava à sua espera.

A reação da maquiadora, no entanto, foi se esquivar do encontro com os admiradores, entrar em uma van e deixar o local, sem ter contato com eles. Alguns seguidores ficaram revoltados com a atitude de Juliette, mas a paraibana tratou de se explicar em suas redes sociais sobre o caso.

Nos stories do Instagram, visivelmente abalada, a advogada desabafou:

“Minha gente, estou com o coração na mão. Cheguei no aeroporto de Salvador, muita, muita gente. Infelizmente eu não posso colocar a saúde de vocês em risco, a gente tá em pandemia. Tinha muita gente, alguém cai, se machuca, eu ia me sentir muito culpada”.

A vencedora do Big Brother Brasil 2021 ainda revelou: “Por favor, eu vou tá pela cidade aí alguns dias, então andem em grupos menores, eu consigo atender, consigo tirar foto. Mas desta forma, não posso fazer isso com vocês. Eu quero vocês seguros, saldáveis“.

Então eu espero muito que vocês entendam. Mas eu tô com o coração partido porque eu sei o quanto vocês gostam de mim, eu sei o quanto é verdadeiro o sentimento de vocês“, finalizou.

Quanto à performance no programa do Multishow, Juliette se apresentou ao lado de Ivete Sangalo e Claudia Leitte e celebrou o momento em suas redes sociais. “Quando eu digo que às vezes parece que estou vivendo um sonho, é de momentos como esse que estou falando. Conheci e cantei com @Ivetesangalo e @claudiaLeitte“, postou.

No fim de semana, a ex-BBB foi homenageada no Visitando o Passado, antigo quadro que foi incorporado ao Domingão com Huck e além de poder ver uma reconstituição fiel da casa que passou boa parte de sua juventude, refletiu sobre questões familiares com o pai e a morte traumática de sua irmã.

Julienne faleceu aos 17 anos de idade, em decorrência de um AVC e a famosa contou que era muito apegada à irmã e que essa despedida eterna rendeu um bom tempo de depressão profunda, que afetou indiretamente sua mãe:

“Depois disso, minha vida ficou um caos. Eu perdi a fé em Deus, perdi a fé na vida e queria morrer. Pra mim, nada mais fazia sentido (…) Passei muito tempo em cima de uma cama, eu não queria comer… Minhas articulações se machucaram porque eu não mudava de posição. E minha mãe implorando, dizendo pra eu levantar porque ela iria morrer porque ela iria morrer, aí eu me levantei. Eu não tinha direito de fazer ela perder outro filho”.

Juliette ainda contou que o pai tinha uma personalidade muito fechada e introspectiva, dificultando a proximidade dos dois, mas que isso foi mudando ao longo dos anos:

“É uma pessoa do interior, muito sisudo, muito bravo. Ele sempre foi ‘sim ou não’, poucas conversas. Ultimamente ele tá ficando menos ‘casca grossa’. Ele é muito durão, sempre foi com todos nós. Comigo era ainda mais porque eu o desafiava mais, os meninos baixavam a cabeça, mas eu não. ‘Não tá certo, é injusto’, eu era a que era mais durona com ele. Mas sempre com muito afeto e respeito”.

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›