Justiça ameaça tirar Record do ar após suposto benefício a Marcelo Crivella

Record
Repórter sofre acusação e pode ser tirada do ar (Imagem: Reprodução / Record)

Uma atitude da Record tem causado polêmica nos últimos dias. A emissora tem sido acusado de promover uma propaganda subliminar para Marcelo Crivella (Republicanos), que tenta reeleição no Rio de Janeiro. Agora, a Justiça ameaça tirar o canal do ar.

Segundo o colunista Lauro Jardim, do O Globo, dois dias depois de uma decisão da Justiça Eleitoral ter proibido a empresa de referir-se ao número 10, a rede de Edir Macedo foi condenada em outra ação de teor semelhante.

O juiz eleitoral Flavio Quaresma decidiu que a Record altere o número de WhatsApp que usa para o contato com telespectador. Caso a atitude seja descumprida, a emissora será multada em R$ 200 mil.

A Justiça ainda garantiu na sentença que os apresentadores da rede de televisão se abstenham de fazer referência ao número 10, “sob pena de retirar a emissora do ar”.

“Os documentos demonstram que a ré vem efetuando o uso do número 10 na sua programação de forma a prejudicar o equilíbrio entre os concorrentes ao cargo de Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro”, diz um trecho da sentença.

Cabe lembrar que a polêmica gira em torno do número de telefone divulgado pela Record Rio, que tem o final 1010. Ele foi lançado recentemente com uma campanha. Nela alguns integrantes do casting afirmam: “Não esqueçam: dez, dez”.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com