Justiça confronta Globo em processo envolvendo Ana Paula Henkel e Casagrande

Globo
Ana Paula Henkel pede direito de resposta à Globo após texto assinado por Walter Casagrande Jr (Imagens: Reprodução / Instagram – Globo)

A desavença entre Ana Paula Henkel e Walter Casagrande Jr ganhou um novo episódio. Segundo informações do portal Notícias da TV, o juiz Christopher Alexander Roisin, da 14ª Vara Cível de São Paulo, deu 24 horas para a Globo, onde Casagrande atua como comentarista do futebol, dar explicações sobre o pedido de direito de resposta feito por Ana Paula após as críticas que recebeu num dos veículos do grupo.

Em seu blog no site GE, Casão escreveu em 21 de fevereiro, no artigo intitulado “Do esporte para esportistas”, que a ex-jogadora de vôlei é “defensora dos violentos, dos antidemocráticos, das armas e de tudo que é ruim em nossa sociedade”. A ex-jogadora de vôlei é partidária do Presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido). Henkel rebateu o ex-jogador de futebol em entrevistas e nas redes sociais.

Ela também ganhou espaço no portal em questão, no dia 13 de março, em matéria com o título “Ana Paula escreve carta ao GE para comentar texto de Casagrande”. A Globo trata tal publicação com o espaço concedido à reclamante.

No entanto, no último dia 16, os advogados de Ana Paula Henkel procuraram a Justiça, solicitando espaço para retratação – mesmo com a questão encaminhada, longe de tal esfera, entre fevereiro e março.

O magistrado tomou por base a Lei nº 13.188/15, voltada para o direito de resposta. “Citem-se o réu [Globo] nos termos do artigo 6º, da mencionada Lei para, em até 24 horas apresentar as razões pelas quais não o divulgou, publicou ou transmitiu a resposta e no prazo de três dias para oferecer contestação”. Até o momento, o caso não conta com novos desdobramentos.

Caso Ana Paula seja favorecida, o direito de resposta deverá ser transmitido em até 10 dias. A Globo, porém, tem três dias para contestar a exigência da ex-jogadora de vôlei. Cabe lembrar que Henkel também entrou com ação de indenização de R$ 10 mil por danos morais contra a emissora e a Band, onde Neto, no programa Os Donos da Bola, saiu em defesa de Walter Casagrande Jr.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›