Kate Winslet relembra bullying da imprensa após protagonizar Titanic

Kate Winslet
Antes e depois de Kate Winslet, que relembrou o filme Titanic (Imagens: Divulgação / Montagem – RD1)

É praticamente unânime afirmar que Titanic, de 1997, foi um filme marcante da história do cinema mundial, visto que o longa-metragem levou 11 estatuetas do Oscar. Kate Winslet protagonizou o filme com Leonardo Di Caprio, mas afirmou que a repercussão não foi tão boa quanto possam imaginar.

A intérprete de Rose foi a convidada do podcast WTF, de Marc Maron, e desabafou sobre a pressão gigantesca em relação à sua vida pessoal por parte da imprensa, quando ainda tinha 21 anos de idade:

Eu fui submetida a muito escrutínio pessoal e físico, e fui muito criticada. A imprensa britânica, especialmente, foi bem cruel comigo. Me senti como uma vítima de bullying, para ser honesta. Ficava pensando: ‘Isso é horrível e espero que passe“.

Kate ainda confessou que depois de estrelar o bem sucedido Titanic, procurou filmes de menor repercussão para seguir com sua carreira, ao invés de apostar em mais fórmulas de sucesso, com medo do que lhe aguardava:

Eu ainda estava aprendendo a atuar naquela época, não me sentia preparada para grandes trabalhos e não queria estragar tudo. O meu plano sempre foi construir uma carreira duradoura, então tentei encontrar coisas menores e aprender mais sobre meu ofício, além de manter certo grau de privacidade e dignidade“.

Por fim, Kate Winslet explicou que sentiu que os holofotes pararam de persegui-la como um stalker no ano 2000, quando teve a primeira filha, a pequena Mia. A inglesa passou a se dedicar mais à família e viu todo esse tormento sumir.

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›