Linn da Quebrada revela choque após sair do BBB 2022 e faz forte desabafo sobre a situação

Linn da Quebrada
Linn da Quebrada revela choque após participar do BBB 2022 e desabafa sobre situação pessoal (Imagem: Reprodução / Globo)

Linn da Quebrada abriu o jogo sobre a sua vida após participar do BBB 2022. Sem medo das críticas, a famosa contou uma situação pessoal que viveu depois de ser eliminada do programa da Globo.

publicidade

Em entrevista reveladora ao podcast PodPah, a ex-sister contou que levou um tombo assim que deixou o reality: “Acho que é um processo eu tentar me tornar um pouco mais leve, quando as pessoas falam que sou ‘campeã moral’. Mas eu perdi, gente, eu perdi. É preciso encarar isso. Eu perdi”.

Além disso, Linn contou que ficou abalada ao descobrir a torcida que tinha fora da casa. A famosa foi a 12ª participante a deixar o programa, recebendo 77,6% dos votos.

publicidade

Veja Também

“Quando dizem: ‘Você tinha tudo para ganhar, eu torci tanto por você’, eu me sinto ainda mais fracassada, mas isso é ótimo, eu adoro o fracasso, tudo que eu construí até hoje foi com o fracasso”, afirmou ela.

Apesar de ter sido eliminada, a famosa disse que achava que venceria o reality, mas não foi isso que aconteceu:

“Acredito que entrei com a possibilidade de ganhar. Achei que fosse ganhar. Ficou uma sensação de ‘que m***, eu perdi, c****’. Entrei muito confiante com a possibilidade de ganhar. Mas acho que o programa me ensinou a perder”.

Linn da Quebrada desabafa sobre a relação conturbada com a mãe

Dentro do BBB, Linn chegou a falar sobre a relação conturbada que tinha com Lilian, sua mãe. A famosa contou que desconstruir toda a relação antiga com a matriarca e Júnior, seu nome antes da transição, foi difícil e cansativo.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Em conversa com o Gshow, a ex-BBB disse que só conseguiu conviver formalmente com a mãe depois de 12 anos, depois que deixou de morar com a avó e voltou a viver com a progenitora:

“Olha, o mais curioso é que eu aprendi a gostar da minha mãe quando eu fui morar com ela com 12 anos de idade. Até então, eu não tinha uma relação maternal com ela desde que a gente era criança. Eu aprendi a gostar da minha mãe”.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
publicidade
Da RedaçãoDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.