Luana Piovani faz desabafo comovente após morte de amigo

Luana Piovani
Luana Piovani usou as redes sociais para conscientizar os seguidores (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

ALERTA GATILHO – Se você se sente desesperado e pensa em se machucar, procure ajuda. O CVV – Centro de Valorização à Vida, atende gratuitamente através do telefone 188 e através da internet, no site oficial.

Luana Piovani desabafou em seu perfil do Instagram sobre uma situação delicada. A atriz revelou a morte de seu amigo e aproveitou o momento para conscientizar os seguidores a respeito do Setembro Amarelo.

Nos Stories do Instagram, a artista disse que há poucos dias havia visto uma campanha falando sobre a prevenção ao suicídio, que induzia o público a ligar para pessoas próximas com o intuito de perguntar como elas estariam:

“Eu não liguei para ninguém para perguntar ‘como vai você?’. […] Tem uns três, quatro dias eu soube do possível suicídio de um amigo meu. A polícia ainda não determinou o que pode ser, mas é grande as chances de ele ter se suicidado e eu só pensava nisso, ‘se eu tivesse ligado para ele e perguntado como vai você?’”.

O suicídio é uma coisa muito maluco porque é um silêncio, é uma falta de tudo, de entendimento, de conversa […]. É tão difícil lidar com esse sentimento, né?“, disse. Luana ainda fez uma reflexão:

“Pensem, talvez tenha mais uma pessoa, além daquelas que você já liga, já manda mensagens que vale a pena você perguntar ‘como vai você?’. Que pena que eu não soube que ele não estava bem”.

Vale lembrar que Luana passou por uma situação delicada recentemente. A atriz, que atualmente mora na cidade de Cascais, em Portugal, contou nas redes sociais que recebeu, por meio de uma carta, uma bronca de um vizinho.

A famosa explicou aos seguidores que a represália aconteceu por conta dos latidos durante a madrugada de seu cachorro de estimação. “Agradeço que tenham em atenção que o vosso cão fica a ladrar toda a noite e não deixa descansar na vizinhança”, diz o bilhete.

Sobre o assunto, Luana defendeu-se: “Meu cão ladra mesmo, mas não me surpreende em nada isso. Assim que soube, que quando sozinho ladra consecutivamente, organizei um hotel [para animais]”.

Mas, às vezes, como é besta essa vida humana, imprevistos acontecem e não há tempo de mandá-lo. Registro que são raras situações como essas. Me nego a colocar coleira antilatido e segue o baile”, finalizou.

MAIS LIDAS

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›