Luciana Gimenez quebra o silêncio sobre cachê do Governo Bolsonaro

Luciana Gimenez
Luciana Gimenez falou sobre cachê que recebeu do Governo (Imagem: Divulgação/ RedeTV!)

Luciana Gimenez decidiu falar pela primeira sobre o cachê que recebeu do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) para fazer publicidades. A apresentadora teria faturado mais de R$ 50 mil entre 2019 e 2020, como apontou a lista feita pela Secom com os nomes de famosos que receberam pagamentos por peças publicitárias.

Para a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, a contratada da RedeTV! reagiu: “Para mim, Luciana, honestidade não é qualidade; é obrigação. Dito isso, eu te pontuo que sou contratada de uma emissora e cumpro todos os merchandising que são fechados para os meus programas, entre eles os do Governo Federal”.

“Nesse ponto acho importante deixar bem claro que faço merchandising para o Governo Federal desde 2004. Não foram nos últimos 3 anos que essas prestações de serviços começaram. Mas claro que, para algumas narrativas tendenciosas fazerem sentido na mídia, esse fato é excluído”, disparou a artista.

A apresentadora ainda afirmou que as peças publicitárias são coisas frequentes em todas as emissoras do país. “O Governo Federal precisa comunicar a população sobre fatos de interesse público como: vacinação, campanhas sociais, inserções de novas moedas no mercado, previdência e outros assuntos… E faz isso através de rádios, jornais, sites e TVs, sendo que nesse último caso, dentro de programas e usando a imagem de apresentadores. Simples assim”, contou.

Luciana Gimenez garantiu também que não recebeu dinheiro do governo de forma aleatória, mas por um serviço prestado. “Fazer merchandising ou até campanhas para empresas privadas ou governamentais é uma das opções que nós temos de prestação de serviço dentro da nossa área”, ressaltou ela.

“É importante lembrar que tenho uma carreira de 20 anos e não uma carreira que começou de 3 anos para cá. Não concordo uma mulher querer reduzir outra a uma coisa só, aliás, temos que ser unidas e nos proteger, porque somos um corpo político em constante ataque. Sem contar que é extremamente machista colocar a mulher à sombra de um homem e isso eu nunca vou aceitar!”, disse ela.

A contratada da RedeTV! completou: “Não recebi dinheiro do nada. Eu prestei um trabalho honesto e fui paga por ele. Emiti nota fiscal, paguei meus impostos e tenho tudo comprovado desde o primeiro trabalho que fiz, lá em 2004”.

De acordo com informações do site O Antagonista, em junho, a apresentadora recebeu R$ 51 mil de Jair Bolsonaro nos últimos meses. Os dados apontam que foram, ao todo, nove transferências e que tudo ocorreu por meio da empresa Magic Lu Promoções, Eventos e Comercio de Produtos de Uso Pessoal e Doméstico.

A publicação ainda informou que seis pagamentos foram feitos por uma campanha da reforma da Previdência. Outro cachê para a comunicadora, no valor de R$ 6 mil, foi referente à chamada Agenda Positiva, com o objetivo de ecoar obras realizadas pelo Governo Federal.

Luciana Gimenez também recebeu outros R$ 6 mil para a campanha Semana Brasil, que “celebrava a retomada, com segurança, da economia e dos empregos”, em setembro de 2020, e R$ 12 mil para o lançamento da cédula de R$ 200.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›