Luciana Gimenez vai para hospital após passar mal em gravação

Luciana Gimenez
Luciana Gimenez deu entrada em hospital após passar mal (Imagem: Reprodução / Instagram)

Luciana Gimenez seu um grande susto nos bastidores do Luciana by Night, da RedeTV!, nesta segunda-feira (16). A apresentadora teve um pico de pressão, passou mal e deu entrada rapidamente no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

A informação foi dada pela jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia. Depois que fez vários exames, a famosa teve alta médica, deixou a unidade hospitalar e já está em casa. As gravações da atração foram suspensas.

Nos últimos dias, Luciana recebeu uma boa notícia da Justiça. Isso porque chegou ao fim o processo que ela movia contra Jorge Kajuru. Condenado, o senador terá que pagar R$ 100 mil para a artista por tê-la chamado de “garota de programa” e “mulher desqualificada”. O político ainda falou, em entrevista à Antônia Fontenelle, sobre a relação que a ex-modelo teve com Mick Jagger.

Além de pagar a indenização, Jorge terá que pagar os custos do advogado da apresentadora. Inclusive, a defesa da contratada da RedeTV! conseguiu uma liminar que impede o ex-apresentador de falar sobre a vida da famosa.

A decisão, que foi divulgada na última sexta-feira (13) pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, e assinada pelo juiz Valentino Aparecido de Andrade, ainda é passível de recurso por parte do senador.

Apesar dessa ação ter chegado ao fim, Lucas Diaz, advogado de Kajuru, entrou com uma queixa-crime contra o famoso por difamação e injúria. O processo, que corre no Supremo Tribunal Federal, ainda está em andamento.

Depois da polêmica, em conversa com a Quem, Gimenez disparou: “Eu me sinto humilhada, diminuída e tenho vergonha dos meus filhos lerem essas inverdades nas redes sociais. Acho que estou no meu limite. Não é de hoje que sofro ataques como ser humano. Já fui chamada de burra, interesseira e as mais recentes na qual minha honra, mais uma vez, é questionada”.

“Será que cada pessoa que fala esse tipo de coisa gostaria de ouvir alguém chamá-las ou pessoas de sua família das ofensas que elas propagam? Eu sempre finjo que nada está acontecendo e vou guardando cada lágrima e cada sentimento ruim dentro de mim. Mas agora chega, não vou mais permitir que ninguém mais faça isso comigo e se puder impedir que outras mulheres passem por isso, melhor ainda. Quero trazer informações contra abusadores psicológicos”, revelou.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›