Luciano Huck apoia manifestações, lamenta 500 mil mortes da Covid e detona Bolsonaro

Luciano Huck
Luciano Huck apoia manifestações, lamenta 500 mil mortes da Covid e detona Bolsonaro (Imagem: Reprodução / Globoplay)

Quem tem acompanhado os noticiários e redes sociais, certamente percebeu que as 500 mil mortes, pela pandemia de Covid-19 no Brasil, viraram assunto. Luciano Huck foi um desses famosos que comentou a novidade lastimável e ainda apoiou as manifestações contra o governo de Jair Bolsonaro.

O número assustador de brasileiros que perderam a vida por causa do novo coronavírus foi contabilizado neste sábado (19) e o apresentador lamentou, além de culpar o negacionismo do governo (e de seus apoiadores):

Triste demais: 500 mil vítimas da Covid-19. São vidas, histórias e sonhos interrompidos. Famílias arruinadas. Amores sabotados. Em cem anos, é a maior tragédia sanitária, social, educacional e política do país. Dava pra ser diferente. O negacionismo mata”.

Em outro tweet, Huck apoiou a manifestação nas ruas — que rolou neste mesmo dia — contra Bolsonaro e sua ineficiência no controle dessa crise sanitária, além do povo pedindo mais vacina:

Gosto das ruas e respeito as mensagens que delas emanam. Hoje o recado de mudança foi claro, forte e plural, unindo pessoas com ideias diferentes e uma causa comum. E só não foi maior porque o respeito à vida limita a mobilização quando ainda 2 mil morrem por dia de Covid19. Eu apoio”.

Na quarta-feira (16), o marido de Angélica polemizou ao dizer, em entrevista ao Conversa com Bial, que votou em branco na eleição presidencial de 2018. A declaração a seguir rendeu críticas:

Ninguém nunca me perguntou isso diretamente, mas eu não vou me furtar da resposta, porque acho que hoje em dia no Brasil você não se posicionar é você compactuar com o que tá acontecendo. Eu votei em branco na última eleição, é o que eu devia ter feito e fiz com bastante tranquilidade. Os dois candidatos que se apresentavam naquela época, eu não me sentia representado por nenhum dos dois. Votei em branco e votaria em branco de novo”.

Confira:

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›