Ludmilla recusa playback no Teleton para mostrar que sabe cantar ao vivo

Ludmilla
Ludmilla soltou a voz, ao vivo, durante passagem pelo Teleton 2019 (Imagem: Zé Paulo Cardeal / SBT)

A julgar pelas performances no palco, praticamente todos os artistas que passaram pelo Teleton 2019 recorreram ao uso de playback. A técnica, como se sabe, consiste em cantores dublando suas gravações. A exceção, ao que tudo indica, foi Ludmilla. A cantora, que esteve na maratona em prol da AACD neste sábado (26), chegou a alterar a letra da música Invocada.

Durante o número, Lud interrompeu um dos versos e chamou por Maisa Silva, com quem dividiu o palco. Após o término da canção, ela mandou uma versão “a capella”, ensinando a coreografia para Danilo Gentili.

Além de cantar, Ludmilla interagiu com crianças e familiares em tratamento na AACD. Antes de se integrar à apresentação, porém, a artista passou pela sala de atendimento à imprensa e às afiliadas do SBT. Ela usou de poucas palavras para responder o RD1, quando consultado sobre sua próxima empreitada na TV: a temporada de verão do SóTocaTop na Globo.

Cabe lembrar que a cantora vem enfrentando uma grande polêmica envolvendo a “ex-amiga” Anitta. Ela tirou a voz da funkeira de Onda Diferente, música que gravaram com o rapper Snoop Dogg. A composição é de Ludmilla, mas a participação do astro internacional foi negociada por Anitta.

A discussão em torno do hit veio após Ivete Sangalo cantá-lo no Rock in Rio; Lud celebrou destaque dado à “sua” música e a “poderosa” veio a público esclarecer a origem da canção.

PRÓXIMA MATÉRIA→

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

RECEBA NOTIFICAÇÕES GRÁTIS