Madonna é detonada após defender cloroquina e recebe punição

Madonna
Madonna é detonada após defender cloroquina e recebe punição (Imagem: Reprodução / Instagram)

Quem acompanha Madonna, certamente sabe que a denominada rainha do pop usa suas redes sociais também como uma plataforma política e de promoção social. No entanto, quem a segue ficou espantado com um discurso da cantora sobre o novo coronavírus.

Na terça-feira (28), Madonna surpreendeu ao compartilhar um vídeo em que a médica Stella Immanuel defende o uso da cloroquina, remédio que diversos órgãos de saúde já atestaram que não tem efeito contra a Covid-19. O discurso ficou popular depois de ter sido republicado por Donald Trump, presidente dos Estados Unidos.

Na legenda da publicação do Instagram, a artista ainda surgiu com uma teoria sobre a demora na saída das vacinas: “A verdade irá nos libertar! Mas algumas pessoas não querem ouvir a verdade. especialmente pessoas no poder que só querem ganhar dinheiro com essa pesquisa arrastada pela vacina, que já foi aprovada e está disponível há meses. Eles preferem deixar o medo no controle e deixar os ricos mais ricos enquanto os pobres e doentes ficam mais doentes“.

Alguns minutos depois, o Instagram logo marcou a postagem de Madonna como fake news (notícia falsa), apresentando nove artigos que desmentiam as afirmações anteriores. Depois da punição, o vídeo e o texto sumiram da rede social de Madonna, deixando a dúvida se o post foi excluído ou banido. Na ocasião se viam mensagens como “Pelo amor de Deus, não seja tão leviana num momento tão delicado” ou “Não use seu poder para disseminar inverdades“.

No Twitter, outra rede social, internautas levantaram a hipótese de que a cantora poderia ter sido hackeada. Fãs da loira se apoiam na ideia, porque em abril ela justamente criticou Trump por propagar indiscriminadamente o remédio.

Confira:

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›