Mãe, Thaila Ayala surge cansada e desabafa: “A exaustão passa?”

Thaila Ayala
Thaila Ayala foi acolhida por internautas (Imagem: Reprodução / Instagram)

Mãe de Francisco, Thaila Ayala surgiu bem cansada no Instagram e não escondeu como existe um lado da maternidade que é bem desafiador.

publicidade

E aí mães do meu Brasil, em algum momento a exaustão passa?“, quis saber a atriz.

Em algum momento eu não vou acordar DESTRUÍDA? Eu só queria energia pra conseguir fazer 10% das coisas que eu preciso sabe? Senhooorrrrrr”, completou a famosa, que foi acolhida nos comentários por famosas e fãs.

publicidade

Veja Também

Respira e olha pro céu, porque demora mais alguns anos, mas o tempo SEMPRE vai ser curto, em compensação, o amor só aumenta”, disse Débora Nascimento.

Não, baby…vai ser sempre assim, mas a gente vai se acostumando, tudo vai entrando nos eixos, e quando você perceber tudo vai estar fluindo”, afirmou Giovanna Ewbank.

Não passa… você se adapta, se reorganiza, mas o cansaço é seu fiel companheiro! Força aí!!!”, contou uma internauta. “Passar, passar….. Não, mas depois que crescem vai melhorando, porque aí já sabem falar o que querem, o que dói. Mas as preocupações não, cada fase uma preocupação diferente“, explicou outra.

publicidade

Thaila Ayala fala sobre mudanças após chegada do filho

Em um papo com a Quem, a atriz, que é casada com Renato Góes, contou como a vida mudou depois da chegada de Francisco:

“É uma pessoa nova, que requer nossa atenção constantemente, que depende da gente para tudo. Não tem como ser diferente. Além das mudanças da rotina, tem as mudanças que a gente vai passando como família também, o processo de nos tornarmos pais dele, de nos conectarmos”.

publicidade

“E, no meio de tudo isso, no meu caso, ainda tem o puerpério, que é um momento em que tudo está à flor da pele, que é um processo muito íntimo. São muitas mudanças acontecendo de uma vez. Eu procuro abraçá-las e senti-las. Não tem jeito”, pontuou.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Mas não sou uma supermãe e uma supermulher. Sou a melhor mãe que posso ser, e isso também significa ficar cansada, ficar esgotada. Nada disso, porém, põe em questão o amor que sinto pelo meu filho. É isso que as pessoas precisam entender e, por isso, precisam parar de julgar as mães”, declarou.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
publicidade
Carol BittencourtCarol Bittencourt
Brasileira vivendo em Portugal, Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para as redes sociais. Colabora com o RD1 desde 2018. Ama viajar, seja chegando em um novo destino ou em frente à TV assistindo uma boa série.