Marcelo Serrado revela cena de sexo dolorosa e explica razão

Marcelo Serrado
Marcelo Serrado vive o personagem Diogo em Dois + Dois (Imagem: Paulo Belote / Globo)

Um dos protagonistas do filme Dois + Dois, Marcelo Serrado passou um perrengue doloroso para conseguir gravar uma cena de sexo. Na trama, o intérprete de Diogo aceita a sugestão de Emília, sua esposa, vivida por Carol Castro, de praticar swing para dar uma apimentada na relação de 16 anos.

Em conversa com a Quem, Marcelo contou um grande desconforto que passou ao fazer uma dessas cenas quentes. “Era uma espécie de esparadrapo, que machucava”, disse o artista, falando sobre a região íntima minimamente coberta.

“E aí vinha o maquiador ou outra pessoa tentar ajeitar o tapa-sexo. Quando eu movimentava com a Carol ou Roberta eu fazia morrendo de dor”, lembrou ele, que dividiu cena também com Roberta Rodrigues e Marcelo Laham.

Por falar no grupo de atores, o global contou como era bem coreografada as cenas de sexo: “Era o Marcelo Saback (diretor) gritando, ‘protege o peito da Roberta’, ‘a bunda tem que estar mais aqui'”.

Para protagonizar o filme, que estreia nos cinemas no dia 12 de agosto, Marcelo Serrado buscou amigos que tiveram experiências similares. “Tenho um amigo que já tentou esse tipo de relação e aconteceu uma coisa muito parecia com o que acontece no filme, ele se apaixonou pela outra pessoa”, contou o artista.

“A gente não tem certeza sobre essas coisas. O código do filme de ‘não vamos nos apaixonar’ não existe e isso o filme mostra de forma divertida. O roteiro é muito preciso neste sentido e pega as pessoas. Cada casal tem a sua dinâmica e isso tem que ser respeitado. Esse filme respeita assim. Intercâmbio de casais é uma coisa extremamente moderna, não cabe na cabeça do Diogo. Para ele, não pode acontecer”, pontuou.

O ator ainda se divertiu ao contar uma história engraçada: “Tem um amigo meu que tem uma banda que toca em casa de swing no Rio. Um casal falou para ele: ‘a gente quer você aqui, quer que você venha participar’. Começou rolar entre ele e a menina”.

“O cara vendo tudo. Ele tinha prazer em ver a mulher com outro. Só que no meio, o cara se arrependeu e começou a chorar aos prantos. E a mulher, ‘calma, amor’. Meu amigo, nu, foi abraçar o marido dela e disse, ‘desculpa, foi sem querer’ (risos)”, finalizou.

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›