Marcos Mion revela que faz viagens separadas com cada um dos filhos e explica tudo

Marcos Mion
Marcos Mion falou sobre a importância de ter momentos com cada filho (Imagem: Divulgação / Globo)

Pai de Romeu, de 16 anos, Donatella, de 12 anos, e Stefano, de 11 anos, Marcos Mion procura sempre manter a melhor relação com os filhos. Em conversa com a Quem, o apresentador contou que busca ter momentos especiais com cada um deles, seguindo suas necessidades.

Como Romeo é diagnosticado com transtorno do espectro autista, o apresentador explicou que ele e Suzana Gullo, sua esposa, fazem passeios diferentes com ele. “Em relação às viagens, é muito necessário fazer viagens separadas. Faço isso até hoje. No nosso caso, temos a condição de fazer isso. Então, fazemos uma viagem só com o Romeo, que fica numa alegria muito grande”, contou.

Mas é uma viagem difícil, tem que ter a estrutura de uma casa, uma agenda organizada do que vamos fazer, de onde e o que vamos comer… Não é uma viagem para quem quer conhecer o mundo”, explicou.

Já com os mais novos a situação muda: “Com os outros dois, podemos viajar para conhecer o mundo. Podemos dormir um dia em um lugar, depois em outro… Isso não funciona para o Romeo. Ele não aguenta fazer uma viagem assim, fica completamente desorganizado, entra em crise e em um espiral de pânico”.

“Os outros dois também não querem ir só para Orlando vendo os mesmos shows e personagens. Então é muito saudável dentro da sua capacidade e orçamento dar uma atenção especial para cada filho“, completou.

Apesar de fazer isso para o bem de cada herdeiro, Marcos Mion recebeu muitas críticas quando falou sobre o assunto nas redes sociais. “Quando postei sobre isso, ‘grandes especialistas da internet’, as pessoas que ‘entendem de todos os assuntos’, mas que nunca viram um autista na vida, resolveram opinar e criticar”, recordou.

“Mas foi uma parcela muito pequena. O que mais importa é que o exemplo serviu não só para pais de autistas. Mostrou a importância de atenção separada para cada um dos filhos. Se não tem condições de viajar, faça programas separados com cada um”, aconselhou o paizão.

Um dia você pode levar um ao parque e passar horas lá com ele ou ir até a padaria só com um deles. E troque ideias com ele, faça com que ele se sinta especial. Se ele não tiver nada para falar, apenas fique ali por perto, mostrando que está ali para ele. Essa uma horinha pode fazer muita diferença na relação entre pai e filho”, ressaltou.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›