Marcos Mion se explica após telespectador notar atitude incomum no Caldeirão

Marcos Mion
Marcos Mion se explica após telespectador notar atitude incomum no Caldeirão (Imagem: Reprodução / Instagram)

Marcos Mion reestreou na Globo em setembro e tem animado às tardes de sábado na emissora. No entanto, um telespectador notou uma atitude curiosa do titular do Caldeirão e resolveu questioná-lo diretamente nas redes sociais.

No Twitter, um jornalista ficou intrigado e mandou a real: “Porque o Marcos Mion fica no meio do palco dividindo atenção com quem canta?”.

Mion esclareceu que sua “intromissão” foi basicamente por uma questão técnica: “Neste caso porque eu tinha que levar a câmera pro outro lado do palco; porque era um plano sequência e precisava de um motivo pra cruzar de novo. Mas todos os outros é porque sou fã de todos e me sinto no palco como um fã assistindo ao show do palco! Do lado dos meus ídolos”.

Pouco tempo antes, o apresentador já tinha dado a entender tudo isso na seguinte mensagem: “Quem reparou que o musical da Família Lima de Coldplay foi plano sequência? Não teve cortes de câmera! Obra do Geninho, meu diretor que é um… Geninho”.

A emoção de Marcos Mion com a chegada na Globo

Como já foi anunciado, o novo Caldeirão não termina nesse fim de 2021 e ganhou força suficiente para ser fixado em 2022. O famoso não escondeu a felicidade e inclusive definiu sua emoção no programa deste sábado (25):

Minha emoção no final do programa é porque pelo meu contrato original, era pra eu fazer o Caldeirão só até o final de 2021; ou seja, o que foi ao ar hoje, era meu ultimo programa… Por isso falei pro Lucinho que o ‘final era apenas o começo’; e para terem fé em Nossa Senhora e Jesus”.

Confira:

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTQIA+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›