Maria Marruá na primeira versão de Pantanal, Cassia Kis revela não assistir remake

Cassia Kis
Cassia Kis viveu Maria Marruá na versão original de Pantanal (Imagem: Reprodução / Manchete)

Cassia Kis fez uma revelação ao recordar um personagem importante em sua carreira. A atriz foi responsável por viver Maria Marruá na primeira versão de Pantanal, em 1990, e confidenciou que não tem acompanhado o remake da trama na Globo.

Ainda não vi Pantanal e estou sendo cobrada por isso, por gente de dentro da produção. Às vezes converso com a Juliana [Paes]. Tenho visto reação de jovens na rua, olham pra mim, veem uma mulher de cabelo branco, e ouço dizerem Pantanal“, revelou, segundo informações do Notícias da TV.

Cassia ainda deixou claro que nunca se viu como símbolo sexual, apesar do folhetim abordar a exposição dos corpos na época:

Veja Também

“Nunca fui uma gata, nunca alimentei essa praia, faça-me um favor. Apesar de mostrar peito, perna, mergulhando naquele rio. Lá em Pantanal, eu me lembro das cenas, eu em cima de uma chalana, descendo aquele rio negro”.

Com Cassia Kis, Desalma estreia segunda temporada no Globoplay com volta dos mortos

Depois do sucesso da primeira temporada, o Globoplay estreia no dia 28 os novos episódios de Desalma, que serão marcados pela “volta dos mortos”.

Uma delas é Halyna Lachovicz (Anna Melo), filha de Haia (Cassia Kis) que foi assassinada há 30 anos durante a festa de Ivana Kupala e, após um ritual conduzido pela mãe, passa a possuir Melissa (Camila Botelho), filha de Giovana Skavronski (Maria Ribeiro).

A série sobrenatural é criada e escrita por Ana Paula Maia, com direção artística de Carlos Manga Jr., e direção de Lúcio Tavares e Pablo Müller.

Reflexão

Aos 63 anos e 41 de carreira, Cássia Kis voltou aos trabalhos em Desalma, série do Globoplay. Em entrevista à revista Quem, a atriz falou sobre a alegria de estar no projeto.

“É uma delícia ser presenteada com um projeto dessa magnitude, dessa força. Claro que estou longe da Fernanda Montenegro, com seu talento e seus 91 anos, mas quando surge um projeto assim não tenho escolha a não ser abraçá-lo de verdade”, afirmou .

Ainda na conversa, Cássia, que interpreta uma bruxa na trama, falou sobre a tranquilidade em revelar sua idade e ainda a leveza para comentar como sua pele mudou com o tempo. “Minha avó paterna era húngara. Pele clara, sem colágeno, quase transparente. Lembro daquele tanto de rugas que ela tinha. E eu, hoje, com 63 anos, já estou bem perto disso”, confessou.

“Daqui a pouco, meus filhos pegam minha pele e começam a esticar. Estou muito enrugada, mas, do jeito que está, meu rosto tem história para contar. Quando a gente fez Barriga de Aluguel, no início dos anos 90, eu tinha muitas marcas de expressão. Muito parecida com meu pai. Gosto de saber que a minha cara tem história“, refletiu.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›