Mario Frias defende Bolsonaro e chama Wagner Moura de “psicopata”

Mario Frias
Mario Frias chamou Wagner Moura de “psicopata” (Imagem: Reprodução / Agência Brasil)

Wagner Moura irritou muitos bolsonaristas com uma afirmação sobre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em entrevista ao jornal O Globo. Mario Frias, por exemplo, usou o seu Twitter para rebater o ator.

No seu perfil, o secretário especial da Cultura detonou o artista: “Psicopata é quem faz filme idolatrando um terrorista abominável”. Ele fez referência ao filme Marighella, que será lançado nos próximos dias no Brasil.

“Achou que ia pegar comigo verba pública para este lixo panfletário? Pede para sair, moleque!”, completou Mario Frias, irritado com a fala do baiano sobre o presidente.

Ao opinar a respeito da gestão da pandemia de covid-19 pelo governo federal, Wagner Moura manteve a contundência. “Foi uma tragédia, sobretudo porque a grande maioria das 600 mil mortes no Brasil poderia ter sido evitada, como a do Paulo Gustavo”, disparou.

“E o presidente segue andando por aí sem máscara, sem dar exemplo. O Bolsonaro precisa responder por essas mortes. Ele tem que ser preso”, acrescentou.

Em entrevista à Folha de São Paulo, o ator declarou tudo que pensa sobre o governante e declarou com todas as letras: “Bolsonaro veio do esgoto da história”. A declaração foi feita ao falar sobre seu novo filme, Marighella.

A produção enfrentava problemas há dois anos, por conta de um imbróglio envolvendo a Ancine, a Agência Nacional do Cinema, além da pandemia, e ele disse que o conteúdo foi censurado pelo órgão.

O motivo seria o fato de tratar-se de uma biografia de Carlos Marighella, guerrilheiro comunista que lutou contra a ditadura militar:

“As negativas da Ancine para o lançamento e, depois, o arquivamento dos nossos pedidos não têm explicação. E isso veio numa época em que o Bolsonaro falava publicamente sobre filtragem na agência”.

“Qualquer obra é a conjunção do que um realizador pensa e projeta com o tempo em que aquela obra é vista. A polêmica de ‘Marighella’ é muito menos sobre o Carlos Marighella e a luta armada do que sobre o governo Bolsonaro”, declarou.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›