Marisa Orth desabafa e faz revelação sobre medo que sentiu durante quarentena

Marisa Orth
Marisa Orth soltou o verbo ao falar sobre a carreira durante a pandemia (Imagem: João Miguel Júnior / Globo)

Marisa Orth abriu o jogo ao falar sobre seu maior medo durante a pandemia. Em entrevista à colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a atriz confessou que temia que tivesse escassez de trabalho:

“Que medo que eu estava de nunca mais trabalhar! A Disney fechou, o Cirque du Soleil fechou… Agora as coisas estão abrindo. Tomara que tudo isso passe logo e a gente consiga fazer as coisas com saúde”.

Marisa disse que, mesmo durante a pandemia, conseguiu realizar alguns trabalhos, como gravar o humorístico Central de Bicos, no Multishow, com Babu Santana e Paulinho Gogó:

“Finalizamos há um mês. Foi uma loucura, cinco programas por semana para aproveitar que estávamos todos nos cuidando. Confinados. Conseguimos fazer dois meses de trabalho e ninguém se contaminou: da faxineira ao operador de câmera”.

Por falar na atração, a artista adiantou que vai interpretar Kellen Pescoção. “É uma personagem hilária. Ela é raivosa. Eu propus e eles aceitaram. Ela é uma hater de artistas, desse povo que mama na teta. Ela é muito invejosa, é uma maravilha“, contou.

Marisa ainda vai integrar o elenco da novela Além da Ilusão, no papel de uma vedete. Sobre a trama, a famosa disse que seu papel vai ser de uma mulher poderosa e sedutora:

“Ela é uma vedete chamada Margot. Imagina, que chique! Uma vedete chamada Margot. Para mim as pessoas já estavam escaladas, achei que as mulheres da minha geração já estavam todas dentro. E aí me veio o convite. Minha personagem entra um pouco mais tarde. Estou feliz”.

Por fim, Marisa comentou ainda sobre os ataques que sofre na internet por defender a arte no Brasil. “Como eu fui chegando à maturidade com a abertura da ditadura, pensei que nunca mais iam pensar em atacar artistas. Perdemos o Paulo José, que é um dos ídolos da minha vida. Que homem admirável, maravilhoso, sensível…“.

Quero mais Paulos Josés. Tarcísio Meira eu não imaginava que fosse partir agora. Ele era tão forte… Um super-homem. O curioso é pensar que agora está tudo mais claro, quem pensa o quê. No nosso país, era tudo muito velado. Agora as pessoas estão se mostrando e algumas finalmente entendendo o que é política“, desabafou.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›