Matheus Nachtergaele abre o coração sobre suicídio da mãe e faz revelação sobre carreira

Matheus Nachtergaele
Matheus Nachtergaele só soube do suicídio da mãe aos 16 anos (Imagem: Divulgação)

Com uma carreira de sucesso, Matheus Nachtergaele tem uma história de vida delicada fora dos palcos e das câmeras. Em entrevista ao programa Persona, da TV Cultura, o ator falou sobre a morte de Maria Cecília, sua mãe, que se suicidou aos 22 anos quando ele estava com 3 meses.

“Uma mãe perdida é uma coisa muito forte, que te marca muito, mas não te define como todo ou para sempre. Sou um órfão típico, um cara sem mãe que sobreviveu à falta dela com a ajuda de mães postiças”, explicou o artista.

“Tive uma principal, minha madrasta Carmem, que eu chamo de mãe e casou com meu pai quando eu tinha 1 ano e meio. Foi quem me ensinou tudo, com quem eu tive as maiores brigas e os abraços mais inesquecíveis“, revelou Matheus.

Apesar de só ter vivido 3 meses com a mãe, o ator acredita que foi por causa dela que seguiu a carreira artística: “Cecília, minha mãe biológica e também minha mãe artística. Muito por causa dela eu me envolvi com artes, virei ator”.

“Ela era uma poetisa e se matou quando eu era bebê. Por causa dela me envolvi com poesia, literatura e música. Fui perseguindo minha mãe através de coisas que ela gostava, foi uma boa professora“, declarou.

Matheus Nachtergaele ainda contou que só soube do suicídio de Maria Cecília quando completou 16 anos. “Papai me contou do suicídio e me entregou uma pasta com 33 poemas dela. Pela primeira vez na vida, tive contato com uma fala de Cecília“, disse o artista, que em 2018 transformou as poesias da mãe biológica em um espetáculo, o Concerto do Desejo.

CONTINUE LENDO →

Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para redes sociais. Apaixonada por séries e filmes, adora passar o tempo na Netflix. Está nas redes sociais no @bittencourt.caroline.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com