Ministro de Bolsonaro é desmentido pela CNN Brasil, que estremece relação com o governo

CNN Brasil
CNN Brasil repercute ataque de Ernesto Araújo contra canal dos Estados Unidos (Imagem: Reprodução / CNN Brasil)

Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo não falou a verdade em uma publicação no Twitter em que criticou a CNN americana, que produziu uma reportagem em que culpou a política de governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelo descontrole da Covid-19.

Rafael Colombo destacou durante o CNN Novo Dia que Ernesto Araújo “utilizou argumentos infundados na internet para atacar a CNN dos Estados Unidos”.

O especialista Dennis Carroll elencou argumentos contra a administração atual e comparou Bolsonaro com Donald Trump, ex-presidente dos EUA. Em resposta, o chanceler mentiu e atacou o canal de notícias.

“A CNN entende tudo errado sobre o Brasil e a Covid. Aqui estão os fatos: após uma decisão do Supremo Tribunal de abril de 2020, os governadores dos estados – não o presidente – têm, na prática, toda a autoridade para estabelecer/gerir todas as medidas de distanciamento social”, afirmou em inglês.

A decisão do STF no início da pandemia não foi essa. Os ministros do Supremo Tribunal Federal decidiram que não só o governo federal, mas estados e municípios também tinham competência para adotar medidas contra a proliferação da Covid-19.

Gilmar Mendes, ministro do STF, reagiu ao comentário de Ernesto: “Fake news! A verdade é que o Supremo Tribunal Federal decidiu que as administrações federal, estadual e municipal têm competência para adotar medidas de distanciamento social. Todos os níveis de governo são responsáveis pelo desastre que enfrentamos”.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›