Mionzinho diz que público o quer na Globo com Marcos Mion e fala sobre Boninho

Mionzinho
Mionzinho ao lado de Marcos Mion na Record (Imagem: Reprodução / Instagram)

Victor Coelho, o intérprete do Mionzinho, ex-companheiro de Marcos Mion desde os tempos da MTV e da Record, disse que muita gente tem pedido para que ele seja contratado pela Globo para o Caldeirão.

Em entrevista ao Notícias da TV, ele disse que Boninho, o diretor, tem recebido muitas mensagens pedindo a sua entrada no programa, mas garantiu que não tem nada a ver com nada disso.

“As pessoas ficam atormentando o Boninho no Instagram. Acho que ele vai ficar puto da vida comigo. Eu esperava que fossem pedir isso. Só não sabia que teria tanta gente assim pedindo para eu ir para a Globo”, disparou.

“Ou o Boninho me contrata ou ele me odeia para o resto da vida. Estão enchendo o saco dele e eu não tenho nada a ver com isso. As pessoas, realmente, estão no Instagram dele e do Mion falando: ‘Tem que levar o Mionzinho’. Coitados”, disse.

“Mas sempre digo: não tenho mágoa nenhuma. Ele não me deve nada e não tem obrigação nenhuma. Eu agradeço a ele por todo esse tempo. Fiquei muito feliz de ver ele na Globo. Ele conseguiu levar a alma da MTV para lá e está se divertindo”, completou.

Vale lembrar que, recentemente, o famoso mudou o rumo da carreira ao se candidatar a vereador, mas não conseguiu votos suficientes para ser eleito.

Atualmente, ele é um crítico do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mesmo com todo o apoio que deu ao atual Governo.

“Não votaria nele de novo. Por tudo o que ele disse em campanha e o que está fazendo, completamente o contrário. Sou um cara liberal. As pautas dele e do Paulo Guedes faziam sentido para mim. Logo no primeiro ano, vi que foi só um discurso para ganhar voto. Foi um processo que fez eu me arrepender”, desabafou o eterno Mionzinho ao UOL.

No Twitter, o publicitário comenta sobre política e tece críticas ao governo Bolsonaro quando acha necessário. “Já estou bloqueado por ele [Bolsonaro] e por alguns dos filhos dele. Um dia, entrei no Twitter dele para ver algo que ele tinha dito, e percebi que ele tinha me bloqueado. Isso porque eu assumo que já votei nele. E o cobro, com razão”, declarou.

“Como eleitor dele, tenho todo direito de cobrar o que ele está fazendo de errado. E nem isso mais eu consigo, porque ele me bloqueou”, afirmou.

A respeito da reação dos bolsonaristas contra ela, Victor Coelho comentou: “Em um primeiro, é agressiva. Porque estou falando do presidente. O meu público é bem mais de direita do que de esquerda. Quando a pessoa vê que eu começo a argumentar, ela some ou conversa de boa”.

“Na maioria das vezes, eu vejo que consigo tirar um pouco esse radicalismo das pessoas, então isso me alimenta a continuar esse debate, embora seja desgastante. As pessoas não têm muita paciência“, disse.

Na entrevista, Mionzinho também abriu o jogo sobre a contratação de Marcos Mion pela Globo. “Fico feliz demais. É gratificante para mim por eu ter feito parte da história e contribuído de alguma forma. Um programa só será pouco para ele. Conhecendo o Mion, sei que a cabeça dele não para. Ele deve ter vários projetos para colocar lá dentro. É realmente onde ele sempre quis estar“, contou.

“Ele terá à disposição o melhor acervo da história da TV! Eu iria direto na série ‘Sandy e Junior’. Ele vai se zoar, porque a gente fazia isso na MTV. Ele era magro, de cabelo raspado na série. Vai valer muito a pena assistir“, completou.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›