Missa do Galo eleva audiência da Globo no RJ e em SP

Missa do Galo
Missa do Galo, com Papa Francisco, registra ótima audiência para a Globo no Rio de Janeiro e em São Paulo (Imagem: Reprodução / Globo)

Tradicional atração da Globo entre a véspera e o dia de Natal, da madrugada de 24 para 25 de dezembro, a Missa do Galo respondeu por um grande feito em audiência neste 2020. A celebração impulsionou os índices do canal tanto no Rio de Janeiro, quanto em São Paulo – praças de maior relevância para o mercado publicitário.

Transmitida direto do Vaticano, a Missa do Galo com o Papa Francisco marcou 10 pontos no Rio de Janeiro e em São Paulo. Foi o melhor número do evento desde 2004, na capital fluminense. Também o maior desempenho da transmissão na capital paulista nos últimos 20 anos.

A Missa do Galo é uma tradições da Globo, tal qual o especial de Roberto Carlos ou a Retrospectiva. Em consulta do RD1 a boletins de programação divulgados em jornais e revistas, a primeira citação à celebração foi encontrada em 1971. Na ocasião, o Papa Paulo VI respondeu pelo rito.

Cabe lembrar que, embora a emissora apregoe a programação laica, os católicos são contemplados também com a Santa Missa, veiculada nas manhãs de domingo. O Padre Marcelo Rossi responde pela celebração, que, comumente, transita em torno dos 5 pontos de audiência.

Duh SeccoDuh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog "Vivo no Viva", repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›