Mônica Martelli festeja aprovação da Lei Paulo Gustavo e desabafa

Mônica Martelli
Mônica Martelli falou sobre a lei Paulo Gustavo (Imagem: Reprodução / Instagram)

Mônica Martelli usou o seu perfil do Instagram, nesta quinta-feira (25), para festejar mais uma homenagem para Paulo Gustavo. O humorista morreu no começo do ano, vítima de complicações de Covid-19.

O Senado aprovou a Lei Paulo Gustavo, que irá incentivar o setor cultural do país. Nas redes sociais, a amiga de longa data da famosa, então, comemorou a conquista. Ela compartilhou um vídeo em que o ator manda um beijo para a câmera.

Na legenda, ela fez questão de explicar mais sobre a iniciativa: “Vitória da arte, da cultura, do povo. Foi aprovada no senado federal, a Lei Paulo Gustavo por 68 votos a favor e apenas 5 contra”.

“Essa lei pretende repassar R$ 3,8 bilhões para o setor cultural. Dinheiro de extrema importância para o setor que tanto foi atingido durante a pandemia. Dinheiro para quem precisa. Meu amado Paulo Gustavo, que tanto fez por seu público, deve estar comemorando muito que seu legado se mantém vivo, que sua esperança de um país mais digno para todos, tem um pouco da sua assinatura. Viva!”, escreveu Mônica Martelli.

Nos comentários, muita gente comemorou a novidade. “A arte vencendo e ele salvando”, disse Fernanda Gentil. “Parabéns para a arte! Parabéns para nós! Parabéns para vida! Tinha que ser com o nome dele!“, declarou um internauta.

“Maravilha! Colhendo os bons frutos das árvores que o Paulo Gustavo plantou. Ele continua sendo o melhor”, comentou outro admirador.

Projeto de lei especial

O projeto em questão tem como meta a destinação de cerca de R$ 3,8 bilhões para o incentivo à cultura, como forma de amenizar os prejuízos trazidos pela pandemia ao setor.

A proposta, de autoria do senador Paulo Rocha (PT-PA), foi batizada de “Lei Paulo Gustavo”, em homenagem ao ator e humorista que morreu em maio deste ano, vítima da Covid-19. Paulo Gustavo era um dos artistas mais populares do país e faleceu aos 42 anos no Rio de Janeiro (vídeo abaixo).

O projeto foi aprovado conforme versão proposta pelo relator Eduardo Gomes (MDB-TO), líder do governo Jair Bolsonaro no Congresso.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›