Mônica Martelli revela como tem lidado com a perda de Paulo Gustavo

Mônica Martelli
Mônica Martelli abriu o coração ao falar sobre partida precoce do amigo (Imagem: Reprodução / Instagram)

Mônica Martelli esteve no Encontro nesta semana e falou como tem lidado com o luto após a morte precoce do amigo Paulo Gustavo, em maio deste ano, vítima da Covid-19:

“Eu tenho muita dificuldade ainda em entrar em contato com os vídeos do Paulo Gustavo. Fico com muita saudade. Sinto o cheiro dele, a risada dele. A obra dele está aí. Mas aquele amigo que te ligava 10 vezes por dia não tem mais. Às vezes eu sinto a necessidade de ouvir a voz dele, aí eu acesso os vídeos”.

“O luto não é a falta, ele é um excesso da presença. Você acorda pensando na pessoa, toma banho pensando na pessoa, vai dormir pensando nele. O Paulo interferia na minha vida em tudo. Fiquei órfã das opiniões dele de trabalho. Todas as decisões eu contava com ele“, completou.

“A gente já entendia a grandeza dele. Eu sempre soube que eu estava do lado de um gênio”, disse ainda, finalizando:

“O maior ensinamento dele é o viver o aqui e o agora. O outro ensinamento lindo é que a gente nunca pode esquecer da onde a gente veio. Isso era uma coisa que ele carregava. Se a gente pensar em um pinheiro de Natal, por que ele seca? Por que não tem raiz”.

Projetos

Em recente entrevista ao podcast Caldinha Larga, Mônica falou sobre o fato de sua irmã, Susana Garcia, ter acompanhado de perto o humorista enquanto ele esteve internado:

“Ela não é ativa no Instagram. Ela só foi mais ativa na época do Paulo Gustavo porque ela é médica, trabalhou como médica durante muito tempo. Deu aula de Medicina, inclusive, de imagem e de ultrassom. Então, ela tem todo esse saber médico que nos ajudou muito na época de Paulo Gustavo doente”.

Mônica contou que a diretora chegou a criar um grupo no celular para manter familiares e amigos informados sobre o estado de saúde do humorista.

“Ela ia lá (ao hospital) todo dia. Quando ele foi intubado, ela estava do lado dele, de mãos dadas. Nossa Senhora… Paulo Gustavo e Susana foi um encontro de amor. Ali, assim… É uma viúva. Ali foi um encontro de paixão e amor o que eles tiveram. Depois ficou mais com ela do que comigo. Até porque eu vim morar em São Paulo e ela no Rio. Eles se falavam 15 vezes por dia, se viam todos os dias… Estava muito grudados“, disse.

“E ela dirigia tudo dele, né? O filme, a série que ele ia fazer na Globo agora, o programa que ele ia fazer na Amazon… Tudo! Tudo!“, revelou.

A famosa contou que Susana manteve amizade com a mãe de Paulo, Déa Lúcia: “Ela consegue ter mais contato. Eu estou em São Paulo e fico mais afastada. Mas a gente se fala sempre. Conseguiu manter uma família“.

MAIS LIDAS

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›