Morre o cineasta Breno Silveira, diretor de Dois Filhos de Francisco

Breno Silveira
Breno Silveira morre aos 58 anos durante filmagens em Limoeiro (Imagem: Reprodução / Globo)

Morreu na manhã deste sábado (14), aos 58 anos, o cineasta Breno Silveira. Responsável pelo sucesso Dois Filhos de Francisco (2005), ele estava em Limoeiro, no interior de Pernambuco, quando teve um mal súbito e não resistiu. A informação foi dada pela Conspiração Filmes.

Ele e sua equipe estavam nas gravações de Dona Vitória, filme estrelado por Fernanda Montenegro. O cineasta chegou a ser socorrido, mas não reagiu aos procedimentos de reanimação. A equipe foi até a região para rodar as cenas da infância da protagonista.

A história de Breno Silveira no cinema e na TV

Breno Silveira se formou pela École Louis Lumière, de Paris, e teve sua primeira experiência como diretor de fotografia no longa-metragem Carlota Joaquina: Princesa do Brasil, em 1995.

Veja Também

Cinco anos depois, foi diretor de fotografia do longa Eu Tu Eles, que chegou entre os selecionados para a mostra Um Certo Olhar, do Festival de Cannes.

Em 2005, aceitou o convite para a função de diretor de Dois Filhos de Francisco, o filme mais visto daquele ano no cinema nacional, com mais de 5 milhões de espectadores.

O sucesso sobre a vida da família de Zezé Di Camargo e Luciano Camargo recebeu mais de dez indicações ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, e levou a melhor em quatro categorias.

Breno Silveira ainda foi responsável por Era Uma Vez (2008) e Gonzaga: De Pai para Filho (2012). Em 2021, o profissional estreou Dom, série de ficção inspirada nas invasões de prédios feitas por uma gangue liderada pelo bandido gato, no Rio de Janeiro. Ele também fez parte de Entre Irmãs (2017) e Um Contra Todos, série da Fox indicada ao Emmy Internacional.

Em entrevista ao G1, o diretor comentou sobre Dom, estrelada por Gabriel Leone e Flávio Tolezani:

“Comecei a escutar aquele cara ainda muito transtornado com tudo. A princípio, me pareceu uma história muito pesada para contar, mas percebi que, no fundo, tinha uma história de pai e filho ali. Tinha uma outra camada que não era só o que ele me contava”.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›