Nanda Costa surge em momento de amor com as filhas gêmeas

Nanda Costa
Nanda Costa postou foto com Kim e Tiê (Imagem: Reprodução / Instagram)

Mãe de Kim e Tiê, Nanda Costa surgiu em um momento de muito amor com as gêmeas. A atriz postou no Instagram um registro em que aparece admirando as pequenas.

No clique, a mãezona aparece sentada, com as filhas no colo, enquanto dá de mamar para uma delas. “Mama muito”, legendou.

Nos comentários, famosos e fãs reagiram. “Maravilhoso né ??? (Eu te ver assim, com tamanha entrega e amor… é maravilhoso!)“, escreveu Zezeh Barbosa. “Que maravilhosa ofertando para as duas!!! Parabéns Nanda!!!! Lindo demais!!”, elogiou Juliana Schalch.

“Que momento lindo”, admirou uma seguidora. “Mãezona demais. Lindas”, afirmou mais uma. “Três lindas. Esse momento é tudo de bom“, comentou uma terceira.

Nanda Costa relata parto delicado

Em novembro, a atriz, que ficou um tempo distante das redes sociais depois que deu à luz, revelou que teve um parto de risco. “Kim- Foi a primeira a nascer e, para nossa surpresa, pesando menos do que imaginávamos: 1.815 Kg. Nasceu lindamente, respirando sozinha e com a mãozinha esquerda erguida… Ao vê-la, Lan bateu palma e gritou: ‘chora, Kim’ e nossa menina estreou com um choro forte e potente“, contou.

“Exatamente um minuto depois, veio Tiê, com os olhos bem abertos como quem diz: ‘chegamos, mamães, que que tá pegando?’ Tiê chegou pesando 2,220kg e foi para o quarto com a gente. Já Kim, precisava ganhar peso e foi para UTI”, continuou.

“Fiquei internada uma semana para controlar a pressão e me recuperar. Nasci mãe no susto e ‘padecer no paraíso’ nunca fez tanto sentido. Tive que me dividir entre quarto, UTI e passagens pelo Lactário para tirar leite e alimentar a pequena Kim, que chegou a 1,600 kg. O hospital/maternidade está em obra e, dois dias depois do parto, entre essas idas e vindas, fiquei presa no elevador, o que aumentou ainda mais a minha pressão e potencializou meu puerpério. Tiê e eu recebemos alta 5 dias após o parto. Kim só receberia alta quando alcançasse pelo menos 2 kg”, declarou

“Não sabíamos quanto tempo poderia levar. Em alguns dias ela ganhava, em outros perdia. Cada grama era muito comemorado, muito mesmo. Dias de muita chuva e muito choro no Rio de Janeiro, mas, como a Lan sempre diz, “um barco não navega sem tempestade”. Até que no primeiro dia de sol, ela veio pra casa e reencontrou a irmã depois de duas semanas. Foi mágico e, talvez, o melhor dia dos últimos 30”, disse.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Carol Bittencourt
Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para redes sociais.
Veja mais ›