Neto surpreende e alfineta a Globo após vitória do Flamengo

Neto
Neto alfinetou a Globo após vitória do Flamengo (Imagem: Reprodução/ Band)

Neto “se rendeu” e comentou sobre as conquistas do Flamengo – Libertadores e do Campeonato Brasileiro – no último fim de semana. Após torcer para o River Plate (ARG) bater o rubro-negro, o apresentador da Band parabenizou a equipe de Jorge Jesus e aproveitou para alfinetar a Globo.

Logo na abertura do Os Donos da Bolas, o ex-jogador debochou do Palmeiras: “Parabéns ao Flamengo, que jogou muita bola no Brasileiro, e o que eu mais gostei foi o Palmeiras dar o título para o Flamengo. Isso, para mim, foi sensacional, mais do que o Corinthians ser campeão paulista esse ano”.

“Parabéns ao Palmeiras, que conseguiu perder o jogo (para o Grêmio). Agora, o Flamengo está nadando de braçada”, destacou o famoso nesta segunda-feira (25).

Em seguida, Neto teceu comentários com críticas para Globo e Fox Sports, que transmitiram a final da Libertadores na tarde de sábado (23). Ele chamou as emissoras de “flamenguistas” e aproveitou para “entregar” os times de alguns jornalistas.

“A Rede Globo mostrou o quanto ela é flamenguista. O pessoal da Fox, todo mundo que fez lá, tudo Flamengo. Quesada, você é Corinthians, pô! Gustavo Villani, você é São Paulo! Está certo de falar muito bem do Flamengo, mas não vamos ter hipocrisia”, disparou ele.

“Eu não torci para o Flamengo, mas eu me rendo à força do Flamengo. Me rendo a um clube tão fenomenal como esse. Me rendo a uma torcida como essa. Parabéns ao Fantástico ontem, que fez uma matéria maravilhosa de quatro torcedores que foram em 81 e estavam agora”, completou o apresentador.

Vitória do Flamengo impulsiona audiência da Globo

A vitória sobre o River Plate que garantiu ao Flamengo o título de campeão da Libertadores 2019 rendeu alta audiência para a Globo no último sábado (23). O jogo impulsionou todo o horário nobre da emissora; o Jornal Nacional bateu recorde para tal dia da semana desde o início do rodízio de apresentadores das afiliadas, em comemoração aos 50 anos do noticiário.

Em São Paulo, Flamengo x River Plate alcançou 32 pontos; no Rio de Janeiro foram 47 – número superior ao atingido pelas finais das últimas quatro Copas do Mundo. Na capital paulista, logo após o futebol, 30,8 para SP2 e 28,9 para Bom Sucesso.

O Jornal Nacional emplacou 30,3 de média. Trata-se do melhor índice para o noticiário aos sábados desde o início do plantão especial com apresentadores de afiliadas – acima dos 29,8 de 31 de agosto, com Cristina Ranzolin (RS) e Márcio Bonfim (PE). Na ocasião, Aline Aguiar (MG) e Giovanni Spinucci (MA) responderam pela cobertura da vitória do Flamengo e da morte de Gugu Liberato.

O sábado na Globo contou ainda, em São Paulo, com os 7,1 do É Casa. O SP1 bateu 9,9 pontos, ficando abaixo do Globo Esporte (12,9) e do Jornal Hoje (15,6), também voltado para Gugu e para o pré-jogo. Exibidos mais cedo por conta da final da Libertadores, o SóTocaTop e o Caldeirão do Huck também foram bem: 12 e 14,7 de média, respectivamente.

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WordPress Lightbox