Neymar e outros jogadores se pronunciam pela 1ª vez sobre Copa América no Brasil

Neymar
Neymar e jogadores da Seleção se pronunciam sobre Copa América no Brasil (Imagem: Divulgação/ CBF)

Os jogadores da Seleção Brasileira decidiram se pronunciar, pela primeira vez, sobre a decisão da Copa América ser realizada no Brasil, a partir desta semana, em plena pandemia. Neymar e os outros atletas usaram suas redes sociais para tocar no assunto.

Como prometido, eles quebraram o silêncio após a vitória contra o Paraguai. O posicionamento era aguardado desde a semana passada e foi divulgado nas redes sociais por volta das 00h25min da quarta-feira (9).

No texto, os atletas fizeram críticas à Conmebol e à realização da Copa América, porém decidiram que irão disputar a competição. “Quando nasce um brasileiro, nasce um torcedor. E para os mais de 200 milhões de torcedores escrevemos essa carta para expor nossa opinião quanto a realização da Copa América”, declara o comunicado.

“Somos um grupo coeso, porém com ideias distintas. Por diversas razões, sejam elas humanitárias ou de cunho profissional, estamos insatisfeitos com a condução da Copa América pela Conmebol, fosse ela sediada tardiamente no Chile ou mesmo no Brasil”, diz um dos trechos da nota.

A equipe ainda se posiciona: “É importante frisar que em nenhum momento quisemos tornar essa discussão política. Somos conscientes da importância da nossa posição, acompanhamos o que é veiculado pela mídia mídia estamos presentes nas redes sociais. Nos manifestamos, também, para evitar que mais notícias falsas envolvendo nossos nomes circulem à revelia dos fatos verdadeiros”.

“Por fim, lembramos que somos trabalhadores, profissionais do futebol. Temos uma missão a cumprir com a histórica camisa verde amarela pentacampeã do mundo. Somos contra a organização da Copa América, mas nunca diremos não à Seleção Brasileira“, completa o texto.

Na semana passada, o relator da CPI da Pandemia, Renan Calheiros (MDB) pediu encarecidamente para que Neymar não faça parte do grupo da CBF que apoia a realização da Copa América no Brasil.

O político começou impressionado com a iniciativa da CBF e o apoio do Governo Bolsonaro para a realização do evento. “Inacreditável que o governo queira sediar a Copa América aqui no Brasil”, lamentou.

“Realizar a Copa América no Brasil é transformar essa Copa em campeonato da morte. Já que a CBF tem se transformado em negacionista irresponsável, quero me dirigir à Seleção Brasileira, ao seu treinador e jogadores. Ao Neymar! Neymar, não concorde com essa Copa América no Brasil”, implorou.

Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com
Veja mais ›