No Brasil, Yasmin Brunet toma atitude para “vigiar” Gabriel Medina no Japão

Yasmin Brunet fica na cola de Gabriel Medina (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Gabriel Medina não conseguiu fazer com que a esposa Yasmin Brunet viajasse com ele para as Olimpíadas de Tóquio, mas ela deu um jeito de marcar em cima do rapaz à distância.

Diretamente do Brasil, ela vigia o rapaz durante todo o dia por meio de chamadas de vídeo, de acordo com informações da colunista Fábia Oliveira, que revelou como está a situação.

Nos corredores do local, os atletas na Vila Olímpica se juntam em rodinhas para debochar da situação, já que o surfista não larga o celular e está sempre conversando com Yasmin.

Ela quer acompanhar cada passo do marido pelo fato de rolar várias festinhas nas instalações onde ficam as delegações do mundo inteiro, e Brunet não quer saber de mulheres perto dele.

Há alguns meses, a modelo chegou a fazer com que ele deixasse de seguir todos os perfis do sexo feminino no Instagram, virando piada nas redes sociais. Apesar disso, Yasmin parece estar conformada.

Em um vídeo divulgado pela página nas redes sociais de Leo Dias, Yasmin Brunet aparece afirmando que o surfista vai estar sim 100% para os Jogos Olímpicos de Tóquio, mesmo com sua ausência na equipe.

Uma repórter falava: “Eu falei agora pouco com ele e puts.. Por você não ir ele falou; ‘Não vou estar 100%, mas vou dar o meu melhor”. A famosa, então, interrompeu a jornalista e disse: “Vai, vai estar 100%, com certeza absoluta”.

Nos últimos dias, ao GE, Gabriel Medina lamentou não ter tido a mesma oportunidade da atleta de lançamento de disco Andressa Morais.

A entidade autorizou a troca do técnico dela, que vai levar o marido Everton Luiz Ribeiro na vaga do seu treinador, o cubano Julian Meija, que não conseguiu sair de Cuba para ir ao Japão por conta dos conflitos em seu país.

“Tive um desgaste desnecessário. Eu pedi a ajuda do COB, eles não puderam me ajudar. Hoje mesmo eu vi uma notícia de que teve uma atleta que levou o marido, né? De última hora. E eu sinto que isso foi muito pessoal, que foi uma ajuda que eu pedi lá atrás. Até porque o meu staff todo era a minha mulher, que tem viajado comigo e no surfe sempre é assim”, afirmou.

O surfista seguiu:

“A gente viaja com a pessoa que te ajuda, que te acompanha e vira um técnico, ajudante geral. Não foi porque eu pedi para pagarem a passagem dela ou sei lá. É que inventaram várias histórias e não era isso o meu caso. Eu só queria levar ela como uma ajuda para mim psicológica. Eu gosto de estar com quem me faz bem, é assim que eu performo bem, é assim que eu tenho feito esse ano”.

“Esse é o melhor ano da minha carreira, eu nunca tive resultados assim. E para minha vida pessoal é o que faz sentido. Eu entro na água não penso em mais nada, só quero surfar e eu tô bem. É essa pessoa que eu amo do meu lado e já era”, afirmou.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›