No Limite: Mahmoud critica atitude de Bil por reclamar da falta de comida no reality

Mahmoud
Mahmoud Baydoun fica indignado com atitudes de Bil em No Limite (Imagem: Reprodução / Gshow)

Mahmoud Baydoun, que foi o primeiro eliminado de No Limite, participou da atração do Gshow que antecede o reality da Globo, apresentado por Ana Clara Lima. Durante o bate-papo, o sexólogo ironizou as declarações de Bil Araújo sobre a comida durante a disputa.

Saiba tudo sobre No Limite na cobertura do RD1

A revolta do ex-BBB surgiu quando ele assistiu um vídeo especial de Marcelo Zulu motivando os participantes da Tribo Carcará, enquanto Bil reclamava da comida na Tribo Calando. Mahmoud então foi questionado sobre o que mais o incomodaria se ainda estivesse no jogo.

O Bil fica falando que quer comida, quer comida. Acho que ele entrou no reality errado, então. Qual é o outro reality que tá rolando?”, enfatizou, ao afirmar que se irritaria com as atitudes do eliminado da semana.

Ana Clara então citou o reality Mestre do Sabor como uma opção para o bonitão. Baydoun, então, confirmou e seguiu ironizando: “Esse aí, gente. Esse é o programa. No Limite não tem comida, minha gente. A pessoa quer estar em No Limite e quer comida direito. Tem que ir para o Mestre do Sabor”.

O ex-participante evitou falar em mágoa de Bil, mas relembrou sua chateação por ter sido votado pelo modelo na primeira semana: “Eu me estressaria mais com a pessoa reclamando de comida mesmo, até porque eu fui votado por ele (Bil) por esse motivo: ‘vou votar no Mahmoud porque quero comer’. Porque eu sou fraco, não ganharia prova e o coitado não ia comer direito”.

Logo quando foi eliminado, por escolha dos outros integrantes do seu grupo, Mahmoud revelou que não ficou surpreso com Angélica, participante que ele tentou fazer uma aliança no reality, mas acabou votando nele.

Ela falou que ia votar numa pessoa e não votou. Eu fiquei chateado, mas agora já passou. Na final, eu abraço ela… Votaram em mim e vou abraçar a pessoal? Acabei de ser eliminado e vou abraçar a pessoa? Não vou. Meu ascendente é escorpião, eu fico com rancor, mas já passou”, disse, explicando por que não se despediu de todos os companheiros da tribo Calango.

O especialista em sexologia ainda completou: “Eu já sentia que isso iria acontecer. Minha única chance de ficar no programa era empatar os votos. Tentei me salvar, não deu certo”.

Elson BarbosaElson Barbosa
Jornalista, encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @ellsonbarbosa
Veja mais ›