Núbia Óliiver fala pela primeira vez após investigação por tráfico de mulheres

Núbia Óliiver
Núbia Óliiver rompe o silêncio e esclarece acusação feita pelo Fantástico (Imagem: Reprodução / YouTube)

Núbia Óliiver rompeu o silêncio e falou pela primeira vez sobre a acusação feita pelo Fantástico, da Globo, sobre o possível envolvimento da modelo com tráfico de mulheres. Três meses após a reportagem, a famosa explicou que não foi denunciada pelo Ministério Público.

“O caso aconteceu pelo seguinte: essa quadrilha estava sendo investigada por determinados itens: tráfico de mulheres internacionais, tráfico de cartão de créditos, agências que eram falsas”, listou em entrevista ao podcast Papagaio Falante, no YouTube.

“Em 2019, eu fiz uma ação de publicidade, um publipost, para ele, inclusive eu tenho esses vídeos e foi apresentado ao Ministério Público. É onde ele faz o contato comigo e me pede algumas indicações [de modelos]”, relatou.

“Eu estava indicando as meninas para fazer [ações de publicidade]. Eu fiz uma merchandising para ele de maquiagem. Ele tinha a maquiagem dele e queria que eu fizesse a publicidade. Acertei tudo direitinho, recebi os produtos, inclusive dei para a minha filha e publiquei isso. ‘Me apresenta mais algumas pessoas?'”, recordou.

Núbia Óliiver confirmou que era ela nos áudios com o investigado, mas deixou claro que era em relação ao trabalho com as ações de publicidade, muito longe de qualquer tipo de envolvimento com os crimes investigados pela polícia:

“O que vocês ouviram no áudio, eu falando: ‘fulana não está, estou te mandando essas, inclusive fotos minhas’. Sou eu falando mesmo, mas para um determinado trabalho. Só que vem dentro de um contexto de uma investigação de tráfico internacional de mulher”.

Após a investigação, o Ministério Público se pronunciou e não ofereceu nenhuma denúncia contra Núbia Óliiver. “Eu fui investigada por causa das conversas. A Polícia Federal fez o correto. Investigou, viu direitinho, o Ministério Público já se pronunciou”, comentou.

Segundo a ex-SBT, a parte ruim foi ter se tornado o símbolo da investigação após a exibição da matéria do Fantástico. “Quando o Ministério público se pronuncia, sai uma notinha”, reclamou.

“Eu jamais vou entrar em briga judicial, não é comprar [briga]. Não é por ser grande ou pequena. Eu gostaria que o Fantástico e outras pessoas pudessem dar essa nota do Ministério Público. A Núbia vai continuar dentro do processo? Claro que vai. Esse processo não terminou, mas eu não sou denunciável”, reforçou.

Confira:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›