O dia em que Jorge Kajuru quase levou porrada de boxeador ao vivo na TV

Jorge Kajuru
Jorge Kajuru quase levou porrada de boxeador ao vivo em programa de TV (Imagem: Reprodução/ Band)

Atualmente senador pelo estado de Goiás, Jorge Kajuru já viveu muita coisa na televisão. Muita coisa mesmo. Sem papas na língua, o jornalista esportivo até quase foi agredido ao vivo na TV. E é justamente esse momento que vamos relembrar na coluna Do Fundo do Baú.

O caso aconteceu em 2004, quando o famoso comandava o extinto Esporte Total, na Band. Em uma das edições do programa de TV, o palco se transformou em um verdadeiro “ringue”. Isso porque Mário Soares, campeão brasileiro dos meio-pesados, irritou-se com o apresentador.

Tudo teve início quando o atual senador questionou o lutador, chamado de Marinho, sobre a luta em que ele havia enfrentado Fábio Garrido, que foi parar na UTI. “Você não precisava ter dado os últimos dois socos. Ele já estava caído”, disse Kajuru.

Em seguida, mostrando mais uma vez toda a sua sinceridade no ar, o jornalista chamou o lutador de “covarde”. O convidado, que estava sentado, até então, levantou-se e foi na direção do líder da atração.

Os dois ficaram em pé e cara a cara, e começaram a se xingar. O pugilista, por exemplo, chamou Jorge Kajuru de “burro” e “frouxo”, além de falar palavrão. Rapidamente, então, a direção tirou o programa da Band do ar, em pleno horário do almoço.

O intervalo durou oito minutos e, nos bastidores, o diretor de jornalismo, Fernando Mitre, foi ao estúdio, após ouvir os gritos. Ele fez sinal para Silvio Luis intervir na situação.

Depois de toda a confusão, Kajuru emitiu nota e declarou que o pugilista tentou agredi-lo. “Ele errou! Eu também errei (…). Ele apelou, eu apelei”, afirmou o famoso, que elogiou Marinho. “Sei que fora do ringue as atitudes do Marinho são bonitas. Ele ajuda a muitos na Rocinha”, disse.

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›