O dia em que Marta Suplicy e Maluf bateram boca e trocaram ofensas em debate da Band

Debate
Marta Suplicy e Maluf trocaram acusações em debate (Imagens: Reprodução – Band/ Montagem – RD1)

Os debates políticos na televisão no período eleitoral costumam ser bem quentes. Alguns, ao longo da história da TV, foram muito mais que quentes e podem ser comparados até ao Casos de Família, do SBT. Vamos, então, tirar Do Fundo do Baú um debate que contou com grandes barracos.

Em outubro de 2000, Marta Suplicy e Paulo Maluf disputavam o segundo turno das eleições à Prefeitura de São Paulo e se encontraram em um debate transmitido pela Band. Na ocasião, foram poucas as propostas e muitas as brigas.

Inclusive, os primeiros blocos foram os mais tensos e concentraram o maior número de agressões. Marta, por exemplo, chamou Maluf de “mitômano” (mentiroso compulsivo) e gerou o primeiro momento de tensão. Ela usou o mesmo termo em outras duas ocasiões durante o encontro.

O opositor dela conseguiu o direito de resposta e disse que a candidata era “administrativamente desqualificada”. Irritada, ela gritou: “Cala a boca”. Maluf respondeu com as mesmas palavras.

Na época, o ex-prefeito tinha uma rejeição que beirava os 60%. Por isso, a fala de Marta levou a plateia presente no debate ao delírio. O que ela não sabia era que, quatro anos mais tarde, se uniria ao seu antigo rival em campanha pela reeleição.

Confira o debate:

CONTINUE LENDO →

Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna “Do Fundo do Baú”, publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com