Paloma Bernardi comenta congelamento de óvulos e desabafa sobre pobreza menstrual

Paloma Bernardi
Paloma Bernardi ainda falou sobre pobreza menstrual (Imagem: Reprodução / Instagram)

Aos 36 anos, Paloma Bernardi resolveu congelar os óvulos. Com o sonho de ser mãe, a atriz, que atualmente está focada no trabalho, resolveu tomar essa iniciativa para ter a possibilidade de um filho no futuro.

Em conversa com a revista Contigo!, a famosa, que namora há três anos com Dudu Pelizzari, contou: “Eu fui procurar orientação médica para entender até quando eu poderia [ser mãe] e ele me explicou que a mulher pode receber o bebê até 50 anos, mas os óvulos vão perdendo a sua força (…) E aí o ideal é que você congele. (…) É ter mais possibilidades, não é que me dá a garantia, mas aumentam as minhas possibilidades”.

“Eu estou vivendo um dia de cada vez. (…) Eu vou deixar nas mãos de Deus mesmo. Estou vivendo o meu presente que é namorar e viver meus trabalhos. Ainda não estou dando um segundo passo ou um terceiro passo. Mas que eu vou ser mãe um dia, eu vou ser”, afirmou.

Na conversa, Paloma ainda contou que o ano de 2021 a fez despertar para um tema importante de ser discutido: a pobreza menstrual.

A artista, que além de se unir a instituições que ajudam mulheres em situações de vulnerabilidade, também discute o assunto em suas redes sociais, ressaltou a importância da higiene feminina:

“A gente precisa ter uma higiene porque se não a gente fica doente, pode pegar bactérias. E as mulheres nas ruas usam papelão, usam miolo de pão, usam pano de chão. Isso não é digno”.

“O louco é que muita gente não entende. Eu fiz alguns posts que foram bem bombardeados, pessoas entendendo o que eu estava falando, dá vontade até de dar um soco na cara“, disparou Paloma Bernardi entre risos.

Sobre comentários como “Agora quer autorização para menstruar” ou “Quer que a gente fique pagando o seu absorvente“, a ex-global pontuou: “A gente tem que rever muitos pontos para que todas as mulheres, independente de classe social, possam sangrar com dignidade”.

“A menstruação faz parte do ciclo da mulher. É renovação, é limpeza. Além disso, é tirar os tabus porque a menstruação não é sujeira, não é impureza. É pureza, renovação. É o tal sagrado feminino“, disse.

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›