Participante do Brincando com Fogo é punido após masturbação e se encrenca com affair

Brincando com Fogo
Cam Holmes se envolveu num impasse entre Emily e Christina em Brincando com Fogo (Imagens: Divulgação – Netflix / Montagem – RD1)

Brincando com Fogo, o “Too Hot to Handle”, é um reality show da Netflix em que homens e mulheres bonitos, musculosos e atraentes são colocados num cenário paradisíaco, propício para a pegação, mas há um grande elemento: eles não podem beijar, fazer sexo, masturbação ou algo do gênero.

Lana, uma assistente virtual, fica responsável por vigiá-los e puni-los com dinheiro, do prêmio final de 100 mil dólares para o vencedor, caso quebrem alguma dessas regras. Cam Holmes foi um deles, numa interação polêmica com Emily.

O jovem se apresentou primeiramente como o participante geek do programa, fã inveterado do Senhor dos Anéis, mas se revelou como um cara nada corretinho. O personal trainer de 24 anos atrai os olhares de Emily e a química dos dois é percebida sem nenhuma dificuldade.

Cam ficou agoniado com a vontade de algo a mais, reclamou de dor nos testículos por não poder ejacular e propôs uma ideia ousada sua parceira: “Você tem que bater uma p#nheta para mim”. A moça recusou inicialmente, mas à noite os dois acabam cedendo à tentação debaixo das cobertas.

Lana puniu os dois: “Apesar dele não ter chegado lá, isso resultou em uma diminuição de US$ 4 mil do prêmio”. O educador físico ficou arrependido pelo dinheiro e também por não ter ido até o fim: “Se eu soubesse que perderíamos US$ 4 mil, eu teria ido até o fim. Minhas bolas não estariam doendo”.

Se já não bastasse, Cam arranjou mais um jeito de se divertir sozinho, no banheiro, pedindo ajuda aos amigos para vigiar a porta. Depois, ele não ficou só focado em Emily e se mostrou interessado em Christina, que chegou depois de todos.

A modelo descobriu que seu affair disse à novata — que quase beijou — que a conexão entre o então casal não era tão forte. A veterana então deu uma bronca no peguete e não escondeu sua desilusão:

Eu me sinto péssima agora. Ele deveria me tratar com mais respeito. O que sentimos nessa semana, segundo ele, foi mais do que ele teve em quatros anos (…) Você não quis beijá-la só para não perder dinheiro. Você não pensou em mim. Estou magoada. O que sinto por você é verdadeiro”.

Cam Holmes jurou que entendeu o recado e prometeu melhorar: “Eu fui um cuzão, não fui? Esse sou eu. Sempre quero ter tudo, mas não é bom ser assim. Estou começando a perceber. Não posso tratar as pessoas como tratei”.

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›