Paula Mattos acusa YouTube de censurar videoclipe com cenas de romance entre mulheres

Paula Mattos
Paula Mattos acusa YouTube de censurar videoclipe com cenas de romance entre mulheres (Imagem: Reprodução / YouTube)

Há pouco tempo, Paula Mattos lançou o clipe de Duas Caras, que ultrapassou as 700 mil curtidas. No entanto, o alcance do trabalho foi reduzido graças a uma restrição de idade do YouTube, por causa de cenas mais ousadas de um romance feminino. A artista acusou o site de censura.

publicidade

A cantora, que está casada há quase 10 anos com uma mulher, comemorou a conquista em entrevista ao portal UOL, apesar dos pesares:

Demorou demais para ter um clipe em que uma cantora sertaneja contracena em um romance com outra mulher, né? Estamos no século 21. Achei que já havia sido feito, mas quando descobri que era a primeira comemorei o fato de poder inovar e trazer essa representatividade para a música”.

publicidade

Veja Também

Paula também reclamou da atitude polêmica da plataforma de vídeos, que tem dificultado o sucesso mais amplo do seu single:

Infelizmente temos que lidar como homofóbicos e conviver com o preconceito. Enfrentei um bloqueio no Google e meu clipe foi censurado. Não estou conseguindo trabalhar para que ele seja anunciado, ganhe destaque, e estou muito chateada com isso. Ele está no ar, mas não pode ser promovido”.

A intérprete de Duas Caras, inclusive, afirmou que a decisão foi injusta, apontando uma certa discriminação por sua orientação sexual:

Você vê clipes muito mais ousados que o meu, mostrando muito mais o corpo, e estão por aí. O meu vídeo traz sensualidade e eu sabia que poderia ser alvo de preconceito. Acredito que tenha recebido muitas denúncias. Mas pergunto: será que se fosse um casal heterossexual isso existiria? Teria essa censura?”.

publicidade

YouTube se posiciona em relação ao vídeo de Paula Mattos

Em resposta à coluna, os administradores do site deram uma explicação técnica para a atitude:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Para anunciar nas plataformas do Google, como o YouTube, os anunciantes devem seguir as políticas do Google Ads, que restringem conteúdos que incluem, por exemplo, imagens de nudez. Todas as políticas para campanhas de publicidade no Google Ads podem ser encontradas em nossa Central de Ajuda”.

Confira:

publicidade

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Da RedaçãoDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.