Paulo Betti revela por que os artistas não gostam de se posicionar politicamente

Paulo Betti faz revelação sobre artistas (Imagem: Divulgação / Globo)

Paulo Betti está sempre se posicionando politicamente, mas não podemos dizer o mesmo de muitos colegas de profissão. Diante disso, ele decidiu revelar o motivo que faz com que muitos atores não queiram emitir suas opiniões.

Em conversa com o UOL Entrevista, o famoso disparou: “Às vezes as pessoas não querem fazer isso porque vão perder seguidores. Cada um mede com seu próprio sarrafo essa questão de se envolver ou não”.

“Há um interesse econômico em jogo, que é você não desagradar parte de seu público manifestando sua opinião. Tem mil motivos que as pessoas não querem se expor, não querem falar”, prosseguiu, ao revelar:

“Muita gente está com medo, sim, medo, ameaça mesmo. Nós estamos vivendo um regime mesmo muito perigoso. Hoje em dia, se você for abrir uma peça de conteúdo um pouco, vamos dizer assim, um pouco mais explosivo politicamente, definidamente, você corre o risco de ir algum maluco lá e… entende”.

“Eu me sinto desafiado na minha moral, na minha ética, na minha mais profunda verdade que, se eu não for as ruas pelas matas, florestas que estão sendo destruídas, qual outra motivação que eu tenho para ir às ruas”, disse ainda.

“As pessoas mortas, a mentira deslavada que a gente vê. Eu não consigo não militar”, completou, antes de falar sobre o que pensa sobre Ciro Gomes, que foi a “terceira via” nas eleições de 2018:

“Acho que o Ciro podia compor muito bem com o Lula [..] Ciro não se contenta com nada mais e nada menos do que a presidência da República. Eu sonho com um debate entre Lula e Ciro. Olha que beleza seria um segundo turno com esse debate”.

Recentemente, o ator  surgiu completamente revoltado nas redes sociais após o incêndio que atingiu a Cinemateca, em São Paulo.

Durante o seu pronunciamento, o ator fez questão de criticar a atuação do secretário especial da Cultura, Mario Frias, que abandonou a carreira artística para seguir a política ao lado de Jair Bolsonaro (sem partido):

Quem mandou matar Marielle? Yanomami morre atropelado por avião de garimpeiro. 15 toneladas de ouro contrabandeadas para o exterior, a contaminação ambiental, 545 mil mortes, corrupção nas vacinas, ataque a cultura, incêndio na Cinemateca, ameaças diretas à democracia. Isso não é motivo suficiente para gritarmos? Basta”.

Confira:

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›