Jornalista voltou a criticar a Globo em um novo vídeo (Foto: Reprodução / Youtube)

O jornalista Paulo Henrique Amorim voltou a usar seu canal, o “Conversa Afiada”, para atacar a Globo. Desta vez, o comandante do “Domingo Espetacular”, da Record, usou o caso da vereadora Marielle Franco, do PSOL, como exemplo.

Em um vídeo de quase quatro minutos e meio, o veterano afirma que o canal carioca “é contra tudo o que Marielle defendia”. Segundo ele, a emissora não aceita o fato de que a vereadora defendia os direitos humanos, as mulheres, população negra e LGBT.

Segundo Amorim, o canal preocupa-se, apenas, a proteger a “intervenção tabajara”, maneira como se refere à intervenção militar que acomete o Rio de Janeiro em busca de retomar a segurança do estado.

Para PHA, o fato de o “Jornal Nacional” ter encerrado sem música como manifesto de luto à morte de Marielle foi uma “homenagem a quem nunca defendeu”, e que, logo mais, o canal voltará a “se defender dos pobres”.

Saiba Mais:

Paulo Henrique Amorim debocha de encontro de Silvio Santos e Michel Temer

Paulo Henrique Amorim detona Heraldo Pereira ao falar sobre acusação de injúria racial

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!