Pocah desabafa após ser detonada por posicionamento sobre o veto de absorventes

Pocah
Pocah passou por situação e tratou de desabafar (Imagem: Reprodução / Instagram)

Pocah foi duramente criticada em suas redes sociais e ficou assustada. Tudo começou após a cantora se posicionar a respeito do caso de Mariana Ferrer e o veto de absorventes para mulheres de baixa renda.

A famosa, então, retornou às redes sociais para desabafar sobre o tanto de ataques que recebeu em seu perfil, a maioria deles vindos de outras mulheres:

“O tanto de MULHER me criticando pelo meu posicionamento. Que sociedade é machista a gente já sabe, mas ver a mulher machista que não apoia a luta as mulheres dói na minha alma. Não, não quero biscoito! Eu estou lutando por NÓS! Eu poderia bem ficar aqui quietinha sem desagradar ninguém com meu posicionamento de indignação, mas eu prefiro por pra fora. Eu prefiro TENTAR mudar o que está MUITO ERRADO”.

As palavras de desabafo da funkeira tiveram apoio de diversos internautas. “Mal sabem as que reclamam que foi por conta do feminismo que hoje elas podem dar suas opiniões (mesmo que equivocadas) na internet… Triste, viu?”, comentou uma.

Se a pessoa se pronuncia, reclama. Se não fala nada, reclama”, opinou outro. “O povo não sabe de nada não, se soubesse o Brasil não estaria assim. Parem de dar atenção aos comentários“, sugeriu um terceiro.

Pocah, por sinal, abriu o coração em entrevista ao Estadão e trouxe à tona a informação de que se considera uma mulher bissexual.

Ela, que atualmente está em um relacionamento sério com Ronan Souza, contou ao jornal que descobriu que também sente atração por pessoas do mesmo sexo na adolescência.

Por volta dos meus 14 anos, me chamou a atenção eu sentir mais atração por meninas do que por meninos. E no meu ciclo de amizade, as amigas sempre ficavam com garotos e eu ficava ali, né, de vela, sobrando, e não queria ficar com ninguém”, declarou.

A famosa falou ainda sobre o receio que teve de se assumir LGBT por conta de todo o preconceito existente na sociedade. “Tinha a questão da minha família, que é evangélica, e também da minha fé. Isso me dava um certo medo de dividir o que eu estava sentindo e eles não entenderem. Nessa época eu simplesmente guardei o que estava sentindo e adiei essa vivência”, afirmou.

Já questionaram a minha sexualidade diversas vezes. Principalmente quando fui a público revelar que eu era bissexual. Eu lia coisas do tipo ‘agora todo mundo é bi’, ‘bi que só namora homem’. Que bom que hoje me entendo, me aceito, tenho outra cabeça e sei que a vida é de cada um”, completou.

MAIS LIDAS

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›