Pocah rebate defesa de Tirullipa ao DJ Ivis e revela que já foi agredida por ex-namorado

Tirullipa, Pocah e DJ Ivis
Pocah rebate defesa de Tirullipa ao DJ Ivis e revela que já foi agredida por ex-namorado (Imagens: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

A agressão do DJ Ivis contra Pamella Holanda virou um assunto recorrente entre os famosos, desde que os vídeos vieram à tona. Pocah não gostou do fato de Tirullipa ter defendido um futuro perdão ao artista e rebateu o famoso, além de contar que foi outra vítima de violência doméstica, no passado.

A ex-BBB rejeitou a ideia trazida pelo filho de Tiririca, mas mostrou empatia ao não atacá-lo: “Quem perdoa é Deus. Eu já perdoei agressor e o que eu recebi em troca? Mais porrada. Eu entendo o pensamento do Tirullipa porque eu também já pensei assim”.

Na sequência, Pocah falou mais sobre esse seu pensamento antigo e deu uma cutucada sutil nas pessoas que apelam à religiosidade para se manter num relacionamento tóxico:

“Achava que iria transformar a pessoa que me agredia, até porque meu agressor dizia que estava sendo usado pelo diabo e que não queria me agredir e me chutar numa escada quando eu estava grávida de sete meses ou quase me cegar do olho esquerdo. Eu achava que toda aquela humilhação era um testemunho para no futuro para dizer: ‘Deus mudou minha vida e restaurou a minha família’. Eu acreditava, juro”.

A cantora relatou que um ex-namorado a agrediu e não citou nomes, usando como exemplo para explicar porque prefere ignorar totalmente as pessoas como o DJ Ivis e porque as reconciliações como perigosas:

Ele não parava. Fez com mulheres antes de mim, e com outras depois de mim. Quando essa mudança vai ocorrer? Quando a pessoa quiser essa mudança verdadeiramente. Eu acredito, sim, que Deus transforma, mas [quero ficar] bem longe, sem ouvir falar ou consumir o trabalho dessa pessoa. Todo mundo merece uma segunda chance, mas para mim, a chance de um agressor é ainda estar vivo e pagar pelo o que causou na mente e no corpo de uma mulher que nunca mais vai esquecer o pesadelo que é sofrer a violência doméstica”.

Por fim, a namorada de Ronan Souza deixou claro que já superou essa fase em sua vida e foi solidária às mulheres que ainda estão vivendo esse drama, inclusive incentivando elas a denunciar os agressores:

Hoje, eu agradeço a Deus pela transformação na minha vida, agradeço por estar vida e poder testemunhar que eu venci! Mas ainda dói muito pensar que, assim como eu, muitas mulheres já sofreram ou sofrem de violência doméstica. Denuncia, ligue 180, se for necessário exponha nas redes sociais. Coloca no jornal! Faz um sinal de fogo! Mas não se acomode com essa vida. Se eu venci, você também pode. Quem perdoa é Deus! E cadeia é pouco”.

Confira:

Pocah
Pocah rebate Tirullipa e cita caso do DJ Ivis ao falar de violência doméstica (Imagens: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)
Pocah
Pocah rebate Tirullipa e cita caso do DJ Ivis ao falar de violência doméstica (Imagens: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›