Preta Gil combate racismo em peça de teatro e revela auxílio de Taís Araújo

Preta Gil
Preta Gil está à frente de peça de teatro em que combate o racismo (Imagem: Reprodução / Instagram)

Na peça que classifica como autobiográfica, Mais Preta do que Nunca, em cartaz no teatro XP Investimentos, Preta Gil fala sobre racismo e lembra situações discriminatórias que sofreu desde a infância, como quando foi chamada de “filha de macaco” pela mãe de uma coleguinha e de quando utilizou termos racistas por falta de conhecimento, como “mulata” e “denegrir”.

Sempre me considerei preta. Nesse debate em Salvador chegaram a me colocar em xeque, tentaram me embranquecer, fiquei chocada. Tenho consciência dos meus privilégios, sei que ser filha de pai preto com uma mãe branca me traz outras questões e sei também que mulheres retintas (com a pele mais escura) sofrem coisas pelas quais nunca passei. Foi um processo doloroso, mas depois disso a Taís Araújo me colocou em um grupo no WhatsApp com outras mulheres negras que me ensinaram muita coisa“, afirmou em entrevista ao jornal Extra. 

A cantora ainda explicou que o projeto é sério. “É um grupo denso e absolutamente necessário. Ali são mulheres que se apoiam, e que também fazem discussões nem sempre felizes. Racismo é algo perverso e assola o Brasil de cabo a rabo“.

A filha de Gilberto Gil ainda falou sobre a importância do Dia da Consciência Negra, celebrado todo 20 de novembro . “Tem muita gente que diz ‘não sou racista’, ‘tenho até amigos negros’, nada mais racista do que isso, ou até tem quem realmente não seja, mas ainda não é antirracista. Ou seja, ainda precisamos de quem combata essas atitudes no dia a dia até das outras pessoas“, disse.

Não cola mais a frase ‘ah, não precisa de um dia da consciência negra, somos todos humanos’. Óbvio que somos humanos, só que é preciso entender que há uma dívida histórica com o povo preto e que é preciso reparar. É só entender isso para evoluir“, analisou.

Mãe de Francisco, de 23 anos, e já avó, Preta ainda revelou que não descarta a possibilidade de encomendar mais um herdeiro. “[Meu marido] Rodrigo (Godoy) e eu não só pensamos em ter mais filhos, como estamos praticando todos os meses. Seja de forma natural, ou adoção, o filho virá“,  afirmou.

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WordPress Lightbox