José de Abreu
José de Abreu vira alvo de secretário da PGR após ataques contra Regina Duarte (Imagem: Divulgação / Globo)

Secretário de Direitos Humanos da Procuradoria-Geral da República, Ailton Benedito enviou ofício ao Ministério Público Federal contra José de Abreu para que sejam apuradas as declarações do ator contra Regina Duarte, nome praticamente definido para a Secretaria Especial de Cultura.

“Odiosa ofensa contra todas as mulheres. Se as feministas defendessem, de fato, as mulheres contra toda forma de violência, rechaçariam essa ignomínia”, defendeu o secretário no Twitter na última terça-feira (4).

“Que o Ministério Público e as demais instituições tomem as providências cabíveis nas suas atribuições”, pediu. No mesmo dia, anunciou: “Será encaminhado ofício ao Ministério Público Federal no Estado de São Paulo, a fim de que tome conhecimento do fato e promova as medidas que entender cabíveis nas suas atribuições em face do sujeito que ofendeu todas as mulheres brasileiras”.

Na quarta-feira (5), Ailton avisou que cumpriu o informado e que encaminhou “ofício ao Ministério Público Federal em São Paulo, para conhecimento do fato e providências que julgar cabíveis em face do sujeito”. Em suas declarações, ele não citou o nome do famoso.

O veterano de 73 anos foi acusado pela web de ser misógino e machista após ataques contra Regina. Em uma de suas acusações, Zé disse que vagina não transforma fascista em ser humano e que iria desmascarar a colega de emissora.

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA