Produtor de Cristiano Araújo estava com Marília Mendonça e gravou vídeos no avião

Henrique Ribeiro e Marília Mendonça na Globo (Imagem: Reprodução / Globoplay)

A cantora Marília Mendonça foi vítima de um acidente de avião na tarde desta sexta-feira (5), quando viajava com outras quatro pessoas, entre elas, Henrique Bahia, que trabalhava como produtor do saudoso Cristiano Araújo (1986-2015).

Os dois começaram a trabalhar juntos logo após a morte do sertanejo, em meados de 2015, e os dois eram muito amigos, conforme era mostrado nas redes sociais.

Um dia antes da tragédia, inclusive, ele publicou uma foto ao lado da amiga, com a legenda: “Poste uma foto com uma pessoa fofoqueira”. Já momentos antes da viagem, ele gravou um vídeo divertido no embarque.

“Para onde você está indo?”, questionou. “Para Minas, né, meu amigo”, disse a artista. Também nas redes sociais, Ribeiro sempre lembrava com carinho de Cristiano Araújo, que morreu em um acidente de carro.

“Como passa rápido, não? E lá se vão os quatro anos de muita saudade”, declarou o produtor, em 2019. Como parte da banda de Marília Mendonça também trabalhava com Cristiano Araújo, eles estão sentindo de perto mais essa perda.

A assessoria de imprensa de Marília emitiu uma nota de pesar:

“Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e copiloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento”.

“O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos”, completou.

Além dos dois, estavam na aeronave um tio da cantora, um piloto e o copiloto. Os cinco morreram após a queda de uma aeronave de pequeno porte perto de uma cachoeira na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais.

Os bombeiros também confirmaram as mortes: “O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais”.

A Polícia Civil de Minas Gerais emitiu uma nota sobre o acidente: “Assim que acionada, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deslocou equipes da perícia criminal, de investigadores e delegados ao local dos fatos, onde realizam os primeiros levantamentos”.

“A PCMG identificou cinco corpos no avião, sendo três óbitos incluindo o da cantora. Um dos corpos já está sendo encaminhado para Caratinga, onde legista e auxiliar de necropsia aguardam para realização de exames. Os trabalhos de polícia judiciária estão em andamento e a medida que avançarem repassaremos mais informações”, completou a nota.

Acidente

Marília estava indo para um show em Caratinga nesta sexta. Antes de embarcar, inclusive, ela fez um vídeo em que aparece entrando no avião e publicou no Twitter.

O acidente ocorreu na BR 474, próximo à Pousada Rodrigo Godinho, zona rural Piedade de Caratinga, em Minas Gerais. O socorro foi pedido por volta de 15h30.

A aeronave era um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros. Segundo a Anac, o avião está em situação regular e tem autorização para fazer táxi aéreo.

Confira:

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›