Promessa de campanha, Bolsonaro quer privatizar a EBC

Bolsonaro
Bolsonaro vai colocar em prática promessa de campanha (Imagem: Reprodução / Globo)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) colocou a Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) dentro do programa de privatizações do governo federal. A decisão foi publicada na edição de quinta-feira (21) do Diário Oficial da União e foi assinada pelo Chefe do Executivo e pelo ministro da Economia Paulo Guedes.

De acordo com as informações do Valor Econômico, o BNDS participará de um comitê interministerial que será criado para avaliar “alternativas de parceria com a iniciativa privada e propor ganhos de eficiência e resultados para a empresa, com vistas a garantir a sua sustentabilidade econômico-financeira”.

O comitê contará com representantes da Economia e da Secretaria de Governo e terá seis meses. Para a certeza da entrega dos resultados sobre a possível privatização, o grupo terá a possibilidade de ser prorrogado por mais meio ano.

Lembrando que a privatização ou até mesmo a decisão drástica de extinção da EBC fez parte de uma das várias promessas de campanha de Bolsonaro em 2018. Por questões governamentais, o tema foi adiado diversas vezes.

A EBC é um grupo de mídia criado no governo do PT e é gestora da TV Brasil, Agência Brasil, Radioagência Nacional, Rádio MEC AM, Rádio MEC FM, Rádio Nacional do Alto Solimões, Rádio Nacional da Amazônia, Rádio Nacional de Brasília AM, Rádio Nacional FM de Brasília e Rádio Nacional do Rio de Janeiro.

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.

WordPress Lightbox