Questões sociais são enfatizadas na nova temporada de Sob Pressão

Sob Pressão
Ailton Graça terá papel de destaque em nova temporada de Sob Pressão (Imagem: Divulgação / Globo)

Prevista para estrear no dia 12 de agosto, a quarta temporada de Sob Pressão voltará a abordar questões sociais através da saúde. Um dos personagens de destaque nessa nova fase da série será Genésio, personagem vivido por Ailton Graça. Ele será pai de um rapaz que sofre um trote racista na faculdade.

O enredo também trará diversas temáticas, como deficiência intelectual, violência urbana, HIV na terceira idade, homofobia, aborto e posse de armas. Apesar do país ainda estar enfrentando a pandemia da Covid-19, os profissionais do fictício hospital Edith de Magalhães não atenderam casos relacionados à doença.

Novos profissionais vão se juntar ao time composto por Evandro (Julio Andrade), Carolina (Marjorie Estiano), Décio (Bruno Garcia), Charles (Pablo Sanábio), Vera (Drica Moraes), Mauro (David Junior), Gustavo (Marcelo Batista), Keiko (Julia Shimura) e Rosa (Josie Antelo), a exemplo da recém-formada enfermeira Lívia (Bárbara Reis).

Em paralelo à rotina caótica da emergência, o casal de protagonistas precisará lidar com os dilemas da vida pessoal, principalmente após a chegada de um bebê chamado Francisco ao hospital.

Para o autor Lucas Paraizo, essa nova temporada traz a abordagem familiar de uma forma mais forte. “Nesta temporada, eu queria muito falar sobre noção de família, que é um conceito muito discutido no Brasil atualmente. O sonho do Evandro sempre foi ter um filho e ele passou por uma série de questões que foram adiando esse desejo. Nesta temporada, a gente orbita na ideia do que é família. E a chegada dessa criança é uma forma da gente fazer essas perguntas ao público: o que significa ser pai e ser mãe? Pai e mãe são aqueles que geram ou que criam? Pai e mãe são os pais biológicos ou aqueles que dão amor e carinho? Esse questionamento virá à tona o tempo todo”, conta.

“A quarta temporada é sobre o triunfo do amor. É sobre resiliência, sobre a capacidade dos médicos se adaptarem a novos desafios, é uma temporada sobre assumir os erros e as próprias limitações e também de pedir ajuda. É um momento em que nossos médicos vão ter a oportunidade de colocar em prática a noção do perdão, do entendimento. É uma temporada de conciliação e de amor”, completa.

Elson Barbosa
Jornalista, encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @ellsonbarbosa
Veja mais ›